segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Texto: "Todos nós defendemos o SUS"

Créditos ao blog Infinitoaldoluiz

http://3.bp.blogspot.com/_QZiugjYhsw0/TRXNFRwI_DI/AAAAAAAACHw/dIr_Kd90N-k/s1600/bigpharma.jpg

"A saúde no Brasil está profunda e perigosamente privatizada, e esse é um dos motivos pelos quais ela não avança. E o mais dramático é que sua privatização tem sido feita a expensas da defesa de seu funcionamento. Isso precisa mudar com urgência. Instalou-se no Brasil um discurso catastrófico de que o SUS é inviável como previsto e, “como todos nós defendemos o SUS”, a forma de garanti-lo é repassar serviços integrais ao setor privado, sob a alegação de que contratos estão sendo firmados e fiscalizados. Esse discurso e sua prática encobrem uma rede complexa de interesses de empresas, fornecedores e profissionais, do setor público, filantrópico e privado, intermediados por negociações de toda ordem, que tiram dos gestores públicos qualquer controle sobre a atenção à saúde dos cidadãos. O governo precisa auscultar a sociedade, as centenas de movimentos sociais em saúde do país, que vêm denunciando a falsidade desses serviços. São ineficazes, discriminam os pobres, usam os recursos do SUS para, dentro dos serviços, atender pacientes de planos de saúde, pagam mal e submetem profissionais a condições precárias de trabalho, prejudicando o atendimento. O governo precisa realizar uma avaliação criteriosa das iniciativas de repasse ao setor privado, como OSSs, OSCIPS, cooperativas, etc, e verá que elas não estão garantindo mais saúde à população. O aumento da cobertura é apenas um indicador de melhoria dos serviços, mas de nada vale se o serviço é uma porta a mais, sem resolutividade. Minam-se os recursos públicos, sem garantir mais saúde. (...)
Sejamos responsáveis e não sejamos desonestos. Abramos os olhos de ver. A História "do povo brasileiro", sempre escrita pela elite escravista, está resumida numa BOLINHA DE PAPEL. Conspiram como respiram. A saúde no contemporâneo Brasil escravagista quando ainda, 3 entre cada 5 brasileiros não têm o que comer todos os dias, quem está preocupado com saúde de quem?
Devia chamar-se Sistema único de senzalados. Doentes adoecidos pelo descaso da CASA GRANDE COM SEUS SENZALADOS EXCEDENTES...
O SUS e entidades privadas são REFÉNS DA globalizada FARMÁFIA e seus patrões que emanam ordens através da ditatorial e terrorista OMS, OMC, e outras máfias dita "mundiais" com suas pandemias de laboratório que NÃO QUEREM NEM PODEM CURAR NINGUÉM sob pena de falirem.


Um povo saudável não fica doente e portanto, não dá lucro a estes GANGSTERS que exploram os governos e os povos mantidos na ignorância E ESCRAVIDÃO.

Hábitos ALIMENTARES ERRADOS PROPOSITALMENTE difundidos pela MIDIOCRACIA vigente, e outras barbaridades nunca divulgadas, propiciam as doenças e mortes lentas para o indecoroso
lucrativo FANTÁSTICO mercado FARMAFIOSO.
Médicos FORAM TRANSFORMADOS em garotos propaganda, reféns da FARMÁFIA. São doutrinados desde as faculdades para seguirem os manuais e paradigmas em forma de eufemísticos "OBRIGATÓRIOS PROCEDIMENTOS". Saiu dos primeiros socorros, não enxergam um palmo, quando enxergam, de clínica e muito menos sem "máquinas" milionárias que os maniatam. O objetivo é o lucro, lucro, lucro, lucro durante a invisível EUGÊNICA DEPOPULAÇÃO ORDENADA PELA (VELHA ESCRAVISTA) NOVA ORDEM MUNDIAL E SEUS INTOCÁVEIS BANQUEIROS.


Investem "BILHÕES" EM desinformação e imposição dos remédios dos remédios dos remédios. E, quanto mais remédios dos remédios dos remédios para encobrir as causas e apenas amenizar e procrastinar os danosos resultados desse processo na maioria dos casos mortalmente irreversíveis, pior a coisa fica, e mais lucros este invisível doloso genocídio lhes dá. Médicos não sabem que também são escravos do sistema, ou fingem não saber. Poucos são os médicos que ainda sobrevivem ao ataque mortal dos ditatoriais laboratórios.

Assistam isto http://infinitoaldoluiz.blogspot.com/2010/09/dr-john-rengen-virapen-1-de-3.html


SÓ PARA NÃO ESQUECER DE LEMBRAR:


POLÍTICOS ESTÃO AÍ PARA NOS DAR A ILUSÃO QUE TEMOS ESCOLHAS neste escravismo travestido.


Todo este debate só é possível graças a esta Bendita Internet. Temos que retirar urgentes lições de nossos acertos e erros, seguir separando o joio do trigo e compartilhando os resultados. O tempo urge. Os sapos venenosos serão cada vez maiores e em maior número até que retirarão a Internet da tomada de todos os "terroristas" que não apóiam a VELHÍSSIMA ESCRAVISTA NEW WORLD ORDER e ainda acusarão os mesmos "TERRORISTAS" por este feito. Nada, religião alguma, lei alguma, substituirá a responsabilidade 100% dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. A verdadeira revolução é intrapessoal e intransferível.


Conheçam a medicina integral e muitas outras que nos libertam desta corja e que são perseguidas pelo "sistema" por não darem lucro a FARMÁFIA. http://www.infinitoemexpansao.com/medicina-integral.php

Sinto muito, sou grato.

Um comentário:

Anônimo disse...

Acho que vale a pena pensar no fato de que médicos só ganham com pessoas doentes. A maneira de acabar com essa bandidagem era fazer os médicos só receberem enquanto as pessoas estão saudaveis, seria como sustentar a máfia que era paga para não atacar o comércio. Mas levando em conta que do jeito que está eles estão envenenando o povo, seria mais interessante paga-los para que eles não envenenem o povo.
A outra solução seria o povo tomar vergonha na cara e assumir a responsabilidade por sua saude.
No final fica a questão, o povo não presta e por isso precisa de médico, médico não presta e por isso precisa de povo, o médico faz o povo não prestar, o povo faz o médico não prestar, ou é tudo isso junto?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...