sexta-feira, 6 de maio de 2011

Second Life - O jogo de quem tudo vê

Créditos do Blog Laura Botelho

Porque nada há encoberto que não haja de ser manifesto;
e nada se faz para ficar oculto, mas para ser descoberto."
(Marcos 4 : 22)


O que Osama Bin Laden, Adolf Hitler e Ayrton Senna têm em comum?
Ambos foram declarados mortos em 01 de maio.

Ayrton Senna? O isso tem a ver?
Senna era um maçon e andou arrumando discórdia com os chefões da FIA... e a gente sabe o que acontece com aqueles que fazem o pacto e não cumprem...

Se alguém tem ouvidos, ouça. (Apoc.13:9)

O PACTO SECRETO DOS ILLUMINATI

Na noite de 10 de julho de 1785 um enviado de Weishaupt, o abade Lanz foi atingido por um raio quando galopava meio a uma tempestade. Seu cadáver não foi recuperado por membros da ordem, mas por pessoas comuns que ao ver seu hábito (padre), o recolheram com cuidado e o transladaram para a capela de São Emmeran.

E entre suas roupas encontraram documentos importantes e comprometedores que revelaram os planos da ordem secreta em que Sr. Adam Weishaupt implementaria sobre a direção dos deuses que, enquanto você lê este texto, está em pleno andamento...

Essas ações deram inicio em 1776. Era o final do inverno, dando início a uma comemoração céltica entre a noite de 30 de abril para 1º de maio que incluía grandes fogueiras e pactos de sangue com sacrifício humano com os diabólicos deuses do inferno.

Nessa noite macabra nasceu a “Ordem dos Perfeccionistas” - conhecida vulgarmente como Ordem dos Iluminados da Baviera, ou simplesmente Illuminati.

O ritual é a mesma da antiga Babilônia. No livro de Genesis 10:8 é mencionado que Ninrode, fundador do império babilônico – Suméria e Assíria - tinha a intenção de fundar e expandir um império mundial único. Ser o único SENHOR dos escravos, ser o rei, unificando as terras e expandindo seu controle sobre os humanos.

Como podem observar, entre um milênio e outro eles interagem com os terráqueos. Fazem pactos e pactos com os humanos para controlar o que não tem controle = Nós!

Mas não custa tentar...
Adam Weishaupt (Spartacus Frater (codinome maçon), 1748-1830) nasceu em 7 de fevereiro de 1748, em Ingolstadt, Baviera.

Adam Weisphaupt, foi catedrático da Universidade de Ingolstadt. Cresceu órfão, embora fosse judeu converteu-se ao cristianismo e estudou em colégios Jesuítas, onde se destacou por sua memória fantástica.

Tomou contato com filósofos da época e começou a interessar-se pela maçonaria após ter conhecido Maximilien Robespierre. Mais tarde conheceu um místico Cabalista dinamarquês chamado Kolmer, que vivera anos no Egito.

Seus primeiros adeptos foram quatro alunos de sua cátedra, todos de excelente situação financeira. Não se poderia ingressar na ordem sem convite, a ordem era para poucos, “mas ricos”.

Logo conseguiu o apoio econômico daquele que passou para a história como um dos homens mais ricos da história: Meyer Amschel Rothschild.

Os Rothschild fazem parte de uma das principais histórias da fundação Illuminati.

Logo um adepto de alta posição social filiou-se ao grupo, O Barão protestante de Hannover, Adolph Franz Friederich Ludwig Von Kinigge, um maçom regular, que introduziu o mestre Weishaupt na ordem.

Rapidamente a loja multiplicou por dez seus quadros, incorporando nobres, príncipes e profissionais liberais. Dois anos depois, menos de vinte de seus membros eram estudantes.

Para os freqüentadores da loja, Weisphaupt pregava postulados louváveis, fazendo-os acreditar que o mundo deveria substituir a velha ordem reinante pelos Illuminati, que atuariam como comando supremo para conduzir a humanidade para uma era jamais vista antes de paz e prosperidade racional.

Seu intento não poupou a maçonaria. Sabia que para fazer-se bem sucedido precisaria de controle e este adviria da organização maçônica. Pessoas acostumadas ao segredo e ao cerimonial, passaram a acreditar nas falsas idéias dos Illuminati.

Utilizando-se de sua própria experiência adquirida nos rituais maçônicos, Weisphaupt organizou grupos concêntricos, onde um iniciado recebia informações de acordo com sua utilidade e fidelidade, ascendendo na hierarquia, de tal maneira que somente os dirigentes máximos da ordem sabiam os verdadeiros propósitos.

Foi criado então os 13 graus para os Illuminati:

1. Preparatório;
2. Noviciado;
3. Minerval;
4. Iluminado menor;
5. Aprendiz;
6. Companheiro;
7. Mestre;
8. Iluminado maior;
9. Iluminado dirigente;
10. Sacerdote;
11. Regente;
12. Mago;
13. Rei.

Mas traições passaram a freqüentar as fileiras Illuminati e Joseph Utzschneider, sabendo dos interesses dos Illuminati em derrubar a monarquia avisou a grã-duquesa Maria Anna da Baviera da trama que planejava destituí-la de seu trono e extinguir da Europa o cristianismo e a monarquia.

A partir de 1784 a Baviera proibiu a constituição de sociedades secretas em seu território. Quando a proibição foi confirmada os Illuminatis que não conseguiram fugir foram perseguidos, presos e torturados.

A história oficial sobre os Illuminatis é meramente uma cortina de fumaça para esconder uma coisa muito maior e mais diabólica do que realmente nós pensamos que sabemos.

Quando juntamos as peças desse quebra cabeças, vemos que não só não é a versão oficial verdadeira que querem nos mostrar, mas que freqüentemente está 99% errada.

Os Rothschilds, assim como outras famílias fazem parte da linhagem dos Bauers, uma das mais notórias linhagens (Vampirescas) da Idade Média na Alemanha. Eles se camuflaram num nome, para despistar o inimigo, assim como o polvo que libera uma tinta para fugir do predador.

A idéia veio do escudo vermelho ou hexagrama / Estrela de David em frente da sua casa em Frankfurt.

No século 18, os Rothschild (rotes-schild - escudo vermelho na língua alemã) foi uma dinastia financeira fundada em Frankfurt por Mayer Amschel Rothschild que trabalhou em conluio com os Illuminati - House of
Hesse
- e outros.

Os Rothschilds fazem parte de uma das 13 famílias, das principais linhagens reptilianas na Terra que mudam de forma para se manterem entre os humanos. Como sabemos “eles” nunca foram embora. Permanecem há milênios entre nós, de geração a geração, apenas mudando suas formas.

B'nai B'rith significa "Filhos da Aliança" e foi estabelecida pelos Rothschilds em 1843 como um braço da inteligência para difamar e destruir pesquisadores legítimos com o rótulo de "anti- semita.

A “Tocha da Liberdade" (o clássico símbolo Illuminati)
O chamado "anti-semita" é uma expressão que eles fazem questão de propagar a todo momento referindo e ancorando a emoção a perseguição do povo judeu pelos nazistas de Adolf Hitler.

Para expor ou questionar as ações dos Rothschilds ou de qualquer outra pessoa judia ou organização correlata, essa levará o rotulo de "nazista" e "anti-semita". Uma estratégia inteligente para desacreditar os muitos pesquisadores e negar-lhes a oportunidade de expor seus argumentos por conta da propaganda racial.

Adolf Hitler e os Nazistas foram criados e financiados pelos Rothschilds. Basta fazer uma pesquisa básica que os links serão ligados até o avô de Bush.
A estratégia é simples: Alguém da linhagem é escolhido para gerenciar o caos.

As sociedades secretas Illuminati na Alemanha, assim como a Sociedade Thule e a Sociedade Vril, criaram através de suas redes bancárias - Banco da Inglaterra e de outras fontes britânicas e americanas como a Banco Rothschild Kuhn, Loeb, maneiras de financiar eventos “revolucionários” - a revolução Francesa e Russa também são obras desse investimento.

O coração da máquina de guerra de Hitler era a gigante química, IG Farben, que tinha um “braço” americano que era controlado pelos Rothschilds.

Os Rothschilds possuem controle sobre as agencias de notícias e as agências alemãs durante as duas Guerras Mundiais tiveram controle do fluxo de "Informação" para os próprios alemães e o mundo externo.

Nos bombardeios das “tropas Aliadas” quando entraram na Alemanha, “milagrosamente” não acertaram as Fabricas IG Farben (Farben em alemão significa: "tintas", "corantes" ou "cores") nem as fábricas da Ford - outra agencia Illuminati. Erraram o alvo?

No auge, em 1944, esta fábrica fazia uso de 83.000 trabalhadores escravos e o pesticida Zyklon B, para o qual a IG Farben detinha a patente foi usado nas câmaras de gás para o assassínio massivo.

O cartel da Farben surgiu em 1926, quando o gênio da administração Hermann Schmitz criou a empresa química supergigante a partir de seis companhias alemãs, que já eram gigantes. Agfa, Casella, BASF, Bayer, Hoechst, Huels, Kalle.

“Vinte anos depois, o mesmo Hermann Schmitz foi julgado em Nuremberg por seus crimes de guerra cometidos pelo cartel I.G. Farben. Outros diretores da I.G. Farben também foram julgados, mas os afiliados americanos da I.G. Farben e os diretores americanos da própria I.G. foram caladamente esquecidos; a verdade estava enterrada nos arquivos."
(Wall Street and the Rise of Hitler, Sutton, pg 33).

A força por trás de Adolf Hitler tinha objetivos Illuminati, afinal Hitler era um neto (bastardo) dos Rothschild, e como elo da família, também foi apoiado pela Família Real Britânica, a Casa de Windsor (na verdade a Casa Alemã de Saxe-Coburg-Gotha) Lorde Mountbatten.

É uma estratégia dos conquistadores do espaço - produzem muitos filhos fora do casamento em seus programas secretos de procriação essas crianças são criadas sob outros nomes com outros pais.

Hitler, também, teria produzido crianças não oficiais para manter sua parte da linha sanguínea.

Eva Braum sabia de suas amantes e uma em especial – Walküre ou Valquíria - com quem teve um filho.

“Operação Valquíria” te lembra alguma coisa?

A Casa Rothschild, essa pseudo linhagem "Judaica" criada para nos enganar e principalmente aos bobos e alienados, na verdade se utiliza e abusa desse povo judeu a que tanto fingem defender. Um povo criado e marcado para seus próprios fins, direto para o abatedouro.

São brinquedos – soldadinhos de chumbo – para execução de suas metas futuras de controle Global dando continuidade a agenda - as linhagens híbridas - até que a raça possa se manter limpa geneticamente posteriormente.

Não há nenhuma maneira de alguém chegar ao topo do poder, assim como Hitler, sem a permissão ou manobra da Casa Real – Sangue Real Reptiliano = Santo Graal.

Esta linhagem produziu TODOS os 42 Presidentes dos Estados Unidos. Se algum deles não dançasse conforme a música... teria sua passagem abreviada – fora do JOGO.

Roosevelt, Churchill e Stalin, todos fazem parte da linhagem (santo graal).

Lembrando que todos esses ícones de poder não “são” judeus, cristãos, mulçumanos, ou seja lá o que queiram rotulá-los – são apenas seres híbridos – frios e meticulosos - usando a mente infantil dos humanos para seus fins.

Charles Taze Russell, da linhagem Russell, foi o homem que fundou a Sociedade Watchtower, mais conhecida como a Testemunhas de Jeová.

Russell era um Satanista Illuminati, pedófilo, segundo sua esposa. Sua nova religião para controle da mente foi financiado pelos Rothschilds bem como os fundadores dos Mórmons todos os maçons.

Em 1880, Charles Taze Russell, fez uma estratégica “profecia” prevendo que os judeus iriam retornar à sua pátria. Grande coisa... esse era o plano!

Em 1919, veio a Conferência de Paz de Versalhes, perto de Paris, quando a elite da Mesa Redonda da Inglaterra e os Estados Unidos Estados, designaram pessoas como Alfred Milner, Edward Mandel House e Bernard Baruch, para representar seus países nas reuniões
que decidiriam como o mundo seria mudado como resultado da guerra cujas
mesmas pessoas haviam criado.

Eles também decidiram em Versalhes que eles então apoiariam a criação de um pátria judaica na Palestina. Mais eventos caóticos...

Os Rothschilds sempre foram a verdadeira força por trás do movimento sionista. Os Rothschilds adquiriram 80% da terra de Israel.


O Sionismo - SIONismo, Sion = o Sol
Priorado de Sion nome da sociedade secreta por trás da linhagem merovíngia. O Povo Israelita é chamado de “Filhos de Sião” – filhos do Sol, o que na verdade todos nós somos.

Ao contrário do que muita gente acredita, Sionismo não é um movimento do povo judeu. Muitos judeus não são sionistas e muitos não-judeus o são.

O “nacionalismo judaico” é decorrência direta dos diversos movimentos nacionalistas que surgiram no Ocidente a partir do Iluminismo (Illuminatis) e das revoluções Francesa e Americana.

A influência dos maçons Illuminati em todo o processo revolucionário foi um fato. Duque de Orleans, Saint-Just, Danton, Herbert, Lafayette, Rmirabeau, Marat, Robespierre, Desmoulins, foram alguns dos nomes de maçons iniciados e revolucionários illuminati.

Teorias pressupõem que Hitler escapou do Führerbunker em Berlim e fugiu para a Argentina em um submarino. No entanto, os crentes na teoria do Reich alegam que Hitler deixou a Argentina no início dos anos 1950 e se mudou para Neuschwabenland, uma colônia SS sob o gelo da Antártica.

Outros extremistas acreditam que Hitler viajou para uma base secreta na lua em 1954 e reuniu-se com alienígenas de Aldebaran, 64 anos-luz da Terra.

Muita piração? Hoje em dia eu não nego nehuma informação!!

Somos o jogo Second Life – eles inventam um herói, matam um mártir, criam um ídolo, criam vestes, modas, comportamentos, conceitos, dogmas, moedas, conflitos e nós, seguimos o jogo... para seu deleite.

Temos que parar de fazer o jogo. Discutir se os mulçumanos são ou não perigosos, se os sionistas querem conquistar o mundo, ou se os cristãos são os únicos eleitos de deus...

Eles desejam a discórdia, querem nos ver separados, pois ficamos fracos... perdemos energia vital “combatendo” opiniões.

Precisamos unir forças e somente ignorando a crença religiosa é que manteremos foco no que eles não querem que a gente veja!

Não importa o nome da coisa!!!! Perceba a “coisa”!!!!

Eles brincam com nossas cabeças, pois nos conhecem muito bem. Estamos ganhando campo e eles estão morrendo de medo. Vão tentar nos amedrontar mais e mais a cada dia para que muito de nós perca a segurança.

Mas mantenha-se firme!
laura botelho

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...