terça-feira, 25 de agosto de 2009

As previsões econômicas de Peter Schiff

Créditos de: Ciclo Final-2012

Peter, economista da Escola Austríaca, fez previsões sobre a atual crise já em 2002. Schiff é presidente da Euro Pacific Capital.

Em 2002,Schiff afirmou que estava havendo um irreal, guiado pelo consumo desenfreado e baixas taxas de juros, e que dentro de alguns anos haveria uma inflação galopante, guiada pela alta exacerbada de itens como comida e energia, que empurraria a economia dos EUA para o chão.

O deficit norte americano estava em 9 trilhões de dólares, e aumentando. Quando o governo norte americano consegue abanar tudo de uma vez, estatizando a Fannie Mae e Freddie Mac. Ao fazer isso, ele assumiu o risco de 5 trilhões de dólares em hipotecas lastreadas em casas que ainda vão cair, e muito, de preço. Não somente assumiu o risco de 5 trilhões em ativos, como está a assumir o risco de mais de 70% das novas hipotecas.

Vamos agora, montar o cenário daqui a alguns anos: O governo norte americano é o segurador de trilhões de dólares em hipotecas, em um mercado onde o valor das casas está caindo desesperadamente. Anos de juros artificialmente baixos levaram a uma inflação enorme. Mais de 50% das hipotecas dos EUA tem juro variável, ajustado de acordo com o mercado. Agora imaginem a situação, Você:

1. hipotecou uma casa, contraindo uma divida de 500 mil dólares
2. Você não possui nenhuma poupança (o índice de poupança dos americanos é negativo!!, indo de uma queda constante de aprox. 12% no começo dos anos 70)
3. destinou uma grande parte de sua renda para pagar a hipoteca, pois você achava que sua casa ia aumentar de preço
4. sua casa, que valia 500, agora vale 300.
5. Os juros, que estavam a 2%, vão a 10%
6. Subitamente, pára todo o aquecimento da economia que havia à época que você comprou a casa

O que acontece? Você não paga a casa. E quem vai pagar a casa por você? O Governo dos Estados Unidos da América. O governo então, a esta hora está com uma divida superior a 10 trilhões, e aumentando, pagando juros de 10%. Ou seja, o governo dos EUA, dentro de algum tempo, pagará só de juros, uma quantia comparável ao PIB brasileiro. Se vocês acham esta situação difícil, imaginem quando os governos estrangeiros começarem a vender suas divisas em dólares, migrando para devedores de menor risco...

(texto extraído de: fonte)

No vídeo seguinte (está em inglês) destacam-se as seguintes frases:

Maio de 2006: durante um debate na Fox News, Schiff previu que o mercado imobiliário dos EUA era uma bolha que em pouco tempo explodiria.

Agosto de 2006: "A economia dos Estados Unidos é como o Titanic, e eu estou aqui com o bote salva-vidas tentando convencer as pessoas a abandonar o navio... Eu vejo uma verdadeira crise financeira chegando aos Estados Unidos."

Dezembro de 2007: em entrevista na Bloomberg, Schiff afirmou que a crise poderia se estender para o mercado de cartão de crédito.

Como resposta... podemos ver aquilo que agora todos nós sabemos ser verdade, mas que em 2006 e 2007 era alvo de chacota pública por parte de outros cuja arrogância para com as suas palavras é, por si só, merecedora de ser visionada. Vejam o, mesmo aqueles que não entendem inglês para observarem as dos vários "entendidos" e "especialistas" na matéria.

Algumas frases tiradas do, contrapondo às opiniões de Schiff: "A economia americana nunca esteve em melhor forma";"A política monetária é espetacular";"Aposto um centavo em como estou certo";"De que raios está ele a falar?";"Ele está louco!"



A seguir, uma palestra de Schiff, legendada em português, para quem se interessa pelo assunto.















2 comentários:

Emerson disse...

Ótima matéria!!!
Cabe ressaltar que o Peter Schiff será candidato para senador nos EUA. Ahhh se tivéssemos alguem assim no brasil, nao? E se pelo menos 10% dos políticos americanos fosse como ele e o Ron Paul, o mundo seria um lugar muito melhor para se viver...

abracos
emerson
http://www.anovaordemmundial.com/

NRG disse...

Olá Emerson, infelismente aqui no BR os politicos tão mais para palhaços do que para politicos propriamente ditos... Conseguem ser marionetes das marionetes (referindo aos EUA). Infelismente o buraco é mais embaixo... Quem não concorda com a "cartilha" acaba morto. A real democracia (ou qualquer outro sistema de governo)não pode existir num mundo onde o $$ é o poder. Se tivesemos politicos que enfrentassem esses tiranos que se escondem por tras das cortinas e atacassem eles sem medo, pode ter certeza que o mundo não estaria como está agora, se as pessoas parassem de concordar com esse sistema de escravidão induzida, o "castelo de cartas" cairia e a humanidade se tornaria realmente LIVRE!

Abraços