terça-feira, 13 de abril de 2010

Tragédia na Polônia

Créditos de: Kafe Kultura

O impensável aconteceu ontem de manhã (10/04), preparava-se a aproximação entre a Polônia e a Rússia… E, a História pregou-lhes mais uma partida de mau gosto, setenta anos depois do Massacre de Katyn - ocorrido em Abril de 1940, 20 mil oficiais polacos e civis foram assassinados pela policia secreta soviética. As vítimas tinham sido capturadas pelo Exército Vermelho, que dividia a Polônia com a Alemanha de Hitler. Katyn era um espinho nas relações entre a Rússia e a Polônia.


A reconciliação entre a Polônia e a Rússia avizinhava-se e parecia encerrada uma das mais negras páginas da História Mundial.


Até que a queda de um avião que transportava o Presidente da República Polonesa e uma delegação que incluía a elite militar, política e econômica de Varsóvia, deitou aparentemente tudo por terra, a aproximação entre os dois estados vizinhos que estavam de costas voltadas… e que pareciam que iam entender-se.


Pode ter sido um acidente, mau tempo, nevoeiro, eu sei lá, mas desculpem lá, não me atirem mais areia para os olhos, porque um avião que transporta um presidente da república é um acontecimento raro, as viagens de estado estão repletas de precauções e normas de segurança, etiquetas e protocolos apertados. O avião presidencial polaco teria por certo um corredor aéreo aberto e estava a ser monitorizado pelos radares polacos, bielorussos e russos. Por diversas vezes recebeu ordens para voltar para trás, para aterrar em Minsk. Os aviões Tupolev são bons aviões, robustos até mais não e preparados para aguentar temperaturas extremas e por certo, que o avião presidencial polaco teria sido objecto de vistorias recentes.


O piloto deveria de fazer parte da nata da aviação comercial, por quatro vezes tentou fazer-se à pista em Smolensk, não o conseguiu fazer.


Recorde-se que Lech Kaczynski foi um acérrimo opositor da ditadura polaca, do Tratado de Lisboa e não via com bons olhos a União Europeia e Bruxelas.


Recordo-me que a imprensa portuguesa e europeia o maltrataram injustamente aquando da assinatura do respectivo tratado. Para mim considero-o um homem mais inteligente, pois salvaguardou os interesses da Polônia ao contrário dos políticos nacionais que o assinaram de cruz, sacrificando a independência nacional, depois de mais 800 anos de história e nos venderam por uns míseros euros e nos entregaram de bandeja aos iluminados de Bruxelas.

A verdade sobre o acidente, espero que os russos a descubram…

Porque, a verdade anda algures por aí…

Nota Revelatti: Vimos pelos fatos acima e anteriormente apresentados (e nas 2 ultimas postagens) que a Polônia nao estava de acordo com os ultimos planos da elite, sendo uma grande opositora do tratado de lisboa, e tambem da politica de vacinação da OMS/H1N1, que com certeza deve ter irritado a elite mesquinha megalomaniaca 'iluminada'..Tenho minhas duvidas se isso foi realmente um "acidente", pois nao só morreu o presidente, como tambem todo o gabinete de governo atual da Polônia, sem falar que vôos desse tipo são vigiados e cuidadosamente planejados...

7 comentários:

Mário Nunes disse...

Mais, morreram figuras destacadas da oposição, as chefias militares da Polónia, o Governador do Banco Central Polaco.
Foi a anulação do estado polaco, mau demais para ser verdade.
A somar a tudo isto a Polónia era dos poucos estados da União que estava a crescer e preparava-se para ser um grande na Europa Comunitária.
Um abraço.
Gosto imenso do seu blogue.

Anônimo disse...

A POLÔNIA FOI O ÚNICO PAÍS QUE NÃO VACINOU A POPULAÇÃO CONTRA A GRIPE H1N1 NEM ACEITOU A DECLARAÇÃO DE PANDEMIA PELA OMS.ESTRANHO DEMAIS ESTE ACIDENTE....SEI NÃO...

Diogo disse...

Em suma, «a Gripe A» matou-o!

Anônimo disse...

A seguranca do presidente pode ter falhado pois nao se viaja todos os diretores de uma empresa num unico voo... essa desgraca foi estranha muito estranha..... e pouco se pode fazer..... isso me fez lembrar no 11/09 as torres gemeas, onde a justica ficara a par de Deus somente.....

Quando vi essa noticia num site fiquei louco de raiva, falei sozinho, palavroes, etc... amesma reacoes que tive qdo fiquei sabendo da noticia das torres gemeas.

Sinto muito por todas essas almas envolvida diretamente e indiretamente... pois o resultado gerara profundas mudancas no mundo e especialmente em paises onde acontece eventos que nao condiz com o acaso. Gerando esforcos na esfera politica inimaginaveis...

Os Polacos carregam com si a dor da guerra mas, em seus olhares se pode enchegar uma esperanca e esperam algo alem desse mundo, algo realmente nobre.

Parabens mais uma vez pela materia,

Roger

infinitoaldoluiz disse...

Está aí mais outra manobra "sutil" de extermínio em massa. E a agenda segue sua implantação.

Anônimo disse...

A marca está lá, o acidente ocurreu ás 10:56 -> 5+6 = 11

Anônimo disse...

Então e agora em que é que ficamos?

Presidente polonês forçou piloto a pousar

“O presidente polonês pode pousar onde ele bem entender!”

http://www.inacreditavel.com.br/novo/mostrar_artigo.asp?id=675