terça-feira, 26 de maio de 2009

Coreia do Norte responde com dois novos mísseis a condenação da ONU

http://www.globalsecurity.org/military/world/dprk/images/img020.jpg

A Coreia do Norte respondeu hoje com o lançamento de dois novos mísseis de curto alcance a enérgica condenação internacional gerada pelo teste nuclear norte-coreano na segunda-feira e o aviso de uma provável resolução da ONU.

Segundo a agência sul-coreana "Yonhap", o regime norte-coreano disparou hoje dois mísseis de curta distância no Mar do Leste (Mar do Japão) e está preparando novos lançamentos de projéteis anticruzador KN-01, com um alcance de 160 quilômetros, em sua costa ocidental.

Um dia depois do teste nuclear que desafiou o mundo, estimado por Seul entre três e quatro vezes superior às bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki, o regime de Pyongyang lança ameaças de que está disposto à batalha com os hostis Estados Unidos.

"Nosso Exército e povo estão em plena preparação para um combate contra qualquer tentativa americana de um ataque preventivo", afirma o jornal do Partido dos Trabalhadores norte-coreano, citado pela agência estatal "KCNA".

Ontem, a Coreia do Norte realizou seu segundo teste nuclear subterrâneo, que afirma ter sido mais potente do que o de outubro de 2006, e já lançou três mísseis de curto alcance, o que, segundo o Japão, gerará uma nova resolução de condenação da ONU.

O presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, disse que esse novo teste atômico gerará uma resposta da comunidade internacional "como nunca se viu".

Siga lendo aqui

6 comentários:

caetano disse...

a coreia do norte assim como irã e brasil tem todo o direito a arma nuclear por que os eua tem e quer proibir os outros de terem? são bem espertos, agora não poderão fazer com a coreia do norte o que fizeram no afeganistão e o iraque, por que não estarão lidando com uma nação fraca, por isso é importante ter a arma nuclear para poder se sentar na mesa com respeito que merece, infelizmente só assim para os eua respeitar algum país e não sair atacando e matando tudo que é gente que tiver no caminho qualquer país que quiser se proteger de verdade precisa da arma nuclear para não ser mais uma vitima do imperialismo americano ou de qualquer grande potencia, essa história de desarmamento e proliferação é converça fiada pra enganar os trouchas..

arcoeflechadeni.com disse...

Só valeu a primeira, não é uma arma
que se possa usar para se defender
ninguém ganha batalhas com armas nuclear se não já teriamos outras guerras usando este tipo de arma.
imagina só um pais menor que muitos estados do brasil, querer fazer uma guerra nestas proporçoes é o fim desta raça...

caetano disse...

mesmo assim qualquer país é soberano e ninguém ném eua ném russia ném china, podem passar por cima disso. qualquer país tem total direito a arma nuclear os eua um país assassino monstruoso que abriga os piores inimigos das liberdades civis e sociedades secretas assassinas, querendo dar uma de santo falam mal do bush mas obama é pior. a coreia do norte tem todo o direito e o irã tbm, a diferença para o brasil´é que esses países não se vendem e se rendem barato aos eua, sabem que o que os eua mais desejam é o resto do mundo fraco pra eles dominarem mas se enganaram, se israel que é uma porcaria de país parece um ovo tem por que outras nações não podem????
eu me revolto, tudo israel que é um país pequeno pode mas os outros não? o lider da coreia do norte não é mais irracional que o primeiro ministro "doente" de israel aquele fascista, assassino oportunista e corrupto, quardam sabado e matam.
o que adianta quardar sabado e matar e roubar??? estão transgredindo o mandamento do mesmo jeito.
e o mundo acha israel santo.

Ombroseco disse...

Acho que nessa polêmica tem só muito barulho...
Ora vejamos, um "louco" que conseguiu adquirir o seu "revólver" e agora que tem 2 ou 3 balas nele
por acaso já gastaria sua minguada munição no "amigo dos sujeitos" que tem revolveres, metralhadoras e um infindável arsenal? Depois que ele usasse suas 2 ou 3 balas o que ele faria???
Os Koreanos estão só fazendo bravata e as grandes potências estão superdimensionando essa polêmica...
Os EUA foram capazes de invadir Iraque e Afeganistão porque sabiam que na verdade não haviam ogivas nucleares escondidas, no entanto agora sabedores da realidade nuclear da Korea, penso que dificilmente se intrometeriam nessa bronca, aliás a "fila de broncas" já está grande, essa vão deixando de molho...
A não ser que os EUA generais + presidente numa inesperada ação insana e desastrosa resolvam atiçar os Sul Koreanos nessa para o "circo pegar fogo" e tirarem alguma vantagem disso.
Enquanto isso em Israel há rumores que também haja uma intervenção do mesmo no Irã... não sei se os EUA estão afim de que isso se concretize porque as conseqüências desse evento também seriam totalmente imprevisíveis.
Acho que no momento todos esse impasses ainda serão esgotados dentro diplomacia.

Revolução de Transformação Racional disse...

O perigo esta a nos espreitar mais uma vez, o problema é que o mundo vive uma recessão sem precedentes,e quando ocorreu o krash de 29, logo depois veio a 2ª Guerra, não esquecemos que a Coreia do Norte é aliada da China, e por traz disso ainda tem a Rússia! Os americanos, os israelenses, ingleses. Querem controlar o mundo a seu modo. Concordo que se é pra um ou dois terem armas nuclerares, todos tem o mesmo direito!

Mauricio Quasar disse...

Apertem o botão!

E vamos ver no que dá!

Querem bombas? Que as usem.

Querem matar?... Que matem e morram!

Caso contrário, calem a boca tiranos de m!

De resto, que tal cuidar da fome no planeta?????