segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Chanceler da Síria acusa EUA de 'agressão terrorista' após ataque

O chanceler sírio, Walid al-Moualem, acusou nesta segunda-feira (27) os Estados Unidos de terem perpetrado "um ato de agressão terrorista" contra seu país, em alusão a um suposto contra seu território em que morreram oito pessoas, inclusive quatro crianças.

Moualem fez a acusação em Londres, depois que o governo de Damasco assegurou que quatro helicópteros americanos atacaram no domingo uma localidade da Síria fronteiriça com o Iraque, causando oito mortos e um ferido.

Depois de se reunir com o chanceler britânico, David Miliband, o ministro sírio ressaltou, em coletiva de imprensa, que o ataque "não foi um erro" e pediu ao governo iraquiano que investigue o fato.

"Caso voltem a fazer isso, nós defenderemos nosso território", advertiu chanceler, ao insistir que o ataque atribuído a tropas americanas constitui "uma agressão terrorista e criminosa".

Sobre o ataque, Miliband se limitou a confirmar a "postura do governo britânico de lamentar qualquer baixa civil", de acordo com um comunicado conjunto emitido pelo Ministério de Assuntos Exteriores do Reino Unido.

FONTE:http://g1.globo.com

EUA vigiam possível uso de blogs para fins terroristas

San Francisco, 27 out (EFE).- O popular serviço de microblogging Twitter poderia ser uma eficaz arma com fins terroristas, afirma um relatório do Exército americano divulgado hoje pela imprensa dos Estados Unidos.

O relatório do Batalhão de Inteligência Militar número 304, publicado também no site da Federação Americana de Cientistas, adverte que o Twitter poderia ser utilizado por terroristas "para coordenar seus movimentos, atividades e ataques".

"O Twitter já está sendo usado por alguns membros para publicar e apoiar ideologias extremistas", assinala o texto, que diz ainda que o Exército encontrou, por exemplo, várias mensagens a favor e contra o grupo terrorista Hisbolá.

O Exército detalha no relatório vários cenários em que um grupo terrorista poderia utilizar este serviço de mini-blogs para perpetrar atentados.

Por exemplo, os terroristas poderiam usar telefones com acesso ao Twitter para comunicar movimentos de tropas para coordenar um ataque ou o momento de explosão de uma bomba, ou até para seguir os movimentos de membros do Exército que usam o serviço.

O Twitter é um popular serviço de microblogging com milhões de membros em que seus usuários comunicam ao resto da comunidade o que estão fazendo usando um máximo de 140 caracteres.

O serviço é utilizado cada vez mais por empresas e organizações como a Nasa, que o usou em junho passado para comunicar os detalhes da missão da sonda Phoenix Mars em Marte.

Recentemente, os membros do partido Republicano no Congresso usaram o Twitter para coordenar um protesto sobre uma lei à votação e algumas companhias como o fornecedor da internet e televisão a cabo "Comcast" o empregam para detectar reclamações de clientes. EFE

FONTE:http://g1.globo.com/

domingo, 26 de outubro de 2008

O Mondex - ou seria a implantação da marca da besta ?

A Farsa do 11 de setembro

Parte 1

http://www.youtube.com/watch?v=DX69etPToqw&feature=related




Parte 2

http://www.youtube.com/watch?v=E7ylBAM1Nnw&feature=related


Círculos Ingleses

O site abaixo é muito interessante, com atualizações frequentes, mostrando fotos e os diagramas dos desenhos feitos nas plantações.

Quem tiver interesse o link está aqui: http://www.x-cosmos.it/cropcircles/

Abraços.

Inversão dos Pólos

O texto abaixo foi retirado da Lista de Discussão da Revista UFO, postado por Jesus.

GUINADA MAGNÉTICA "MOVE" O PÓLO NORTE
BURACOS NO CAMPO MAGNÉTICO DO PLANETA SUGEREM QUE OS PÓLOS PODEM "TROCAR" DE LUGAR


JONATHAN LEAKE
The Sunday Times


LONDRES - O Pólo Norte está de mudança. Cientistas encontraram grandes buracos no campo magnético da Terra, sugerindo que os Pólos Norte e Sul estão se preparando para trocar de posição, numa guinada magnética.

Um período de caos poderia ser iminente, no qual as bússolas não mais apontariam para o Norte, animais migratórios tomariam o rumo errado e satélites seriam queimados pela radiação solar.

Os buracos estão sobre o sul do Atlântico e do Ártico. As mudanças foram divulgadas depois da análise de dados detalhados do satélite dinamarquês Orsted, cujos resultados foram comparados com dados coletados antes por outros satélites.

A velocidade da mudança surpreendeu os cientistas. Nils Olsen, do Centro para a Ciência Planetária da Dinamarca, um dos vários institutos que analisam os dados, afirmou que o núcleo da Terra parece estar passando por mudanças dramáticas.

"Esta poderia ser a situação na qual o geodínamo da Terra opera antes de se reverter", diz o pesquisador.

O geodínamo é o processo pelo qual o campo magnético é produzido: por correntes de ferro derretido fluindo em torno de um núcleo sólido. Às vezes, turbilhões gigantes formam-se no metal líquido, com o poder de mudar ou mesmo reverter os campos magnéticos acima deles.

A equipe de Olson acredita que turbilhões se formaram sob o Pólo Norte e o sul do Atlântico. Se eles se tornarem fortes o bastante, poderão reverter todas as outras correntes, levando os pólos Norte e Sul a trocar seus lugares.

Andy Jackson, especialista em geomagnetismo da Universidade de Leeds, Inglaterra, disse que a mudança está atrasada: "Tais guinadas normalmente acontecem a cada 500 mil anos, mas já se passaram 750 mil desde a última."


IMPACTO

A mudança poderia afetar tanto os seres humanos quanto a vida selvagem. A magnetosfera fornece proteção vital contra a radiação solar abrasadora, que de outro modo esterilizaria a Terra.

A magnetosfera é a extensão do campo magnético do planeta no espaço. Ela forma uma espécie de bolha magnética protetora, que protege a Terra das partículas e radiação trazidas pelo "vento solar".

O campo magnético provavelmente não desapareceria de uma vez, mas ele poderia enfraquecer enquanto os pólos trocam de posições. A onda de radiação resultante poderia causar câncer, reduzir as colheitas e confundir animais migratórios, das baleias aos pingüins. Muitas aves e animais marinhos se guiam pelo campo magnético da Terra para viajar de um lugar para outro. A navegação por bússola se tornaria muito difícil. E os satélites - ferramentas alternativas de navegação e vitais para as redes de comunicação - seriam rapidamente danificados pela radiação.


O PONTO ZERO E A MUDANÇA DAS ERAS
O CALENDÁRIO MAIA

Profecias ancestrais e diversas tradições indígenas anteviram o fenômeno. Mas agora para surpresa de muita gente, é a própria ciência que começa a reconhecer importantes mudanças no campo magnético e na freqüência vibratória da Terra.

O ápice do processo, que segundo alguns especialistas, deverá ocorrer em alguns anos provavelmente provocará a inversão do sentido da rotação do nosso planeta e também a inversão dos pólos magnéticos.

O texto que o Guia Lótus agora veicula é baseado nas informações que enfoca o trabalho do geólogo norte-americano Greg Braden, maior estudioso do fenômeno.

Braden trabalha a partir da interface ciência-esoterismo e é autor do livro Awakening to Zero Point (Despertando para o Ponto Zero – ainda não traduzido para o português) e de um vídeo de quatro horas sobre o fenômeno e suas possíveis conseqüências para a humanidade.

Greg Baden está constantemente viajando pelos Estados Unidos e marcando presença na mídia demonstrando com provas científicas que a Terra vem passando pelo Cinturão de Fótons e que há uma desaceleração na rotação do planeta. Ao mesmo tempo, ocorre um aumento na freqüência ressonante da Terra (a chamada Ressonância de Schumann).

Quando a Terra perder por completo a sua rotação e a freqüência ressonante alcançar o índice de 13 ciclos, nós estaremos no que Braden chama de Ponto Zero do campo magnético.

A Terra ficará parada e, após dois ou três dias, recomeçará a girar só que na direção oposta. Isto produzirá uma total reversão nos campos magnéticos terrestres.


FREQÜÊNCIA DE BASE CRESCENTE

A freqüência de base da Terra, ou "pulsação" (chamada Ressonância de Schumann, ou RS), está aumentando drasticamente. Embora varie entre regiões geográficas, durante décadas a média foi de 7 e 8 ciclos por segundo. Esta medida já foi considerada uma constante; comunicações globais militares foram desenvolvidas a partir do valor desta freqüência. Recentes relatórios estabeleceram a taxa num índice superior a 11 ciclos.

A ciência não sabe porque isso acontece – nem o que fazer com essa situação. Greg Baden encontrou dados coletados por pesquisadores noruegueses e russos sobre o assunto – que, por sinal, não é amplamente tratado nos Estados Unidos.

A única referência à RS encontrada na Biblioteca de Seattle está relacionada à meteorologia: a ciência reconhece a RS como um sensível indicador de variações de temperatura e condições amplas de clima.

Braden acredita que a RS flutuante pode ser fator importante no desencadeamento das severas tempestades e enchentes dos últimos anos.


CAMPO MAGNÉTICO DECRESCENTE

Enquanto a taxa de "pulsação" está crescendo, seu campo de força magnético está declinando. De acordo com professor Banerjee, da Universidade do Novo México – EUA, o campo reduziu sua intensidade à metade, nos últimos quatro (4) mil anos. E como um dos fenômenos que costuma preceder a inversão do magnetismo polar é a redução deste campo de força, ele acredita que outra inversão deve estar acontecendo.

Braden afirma, em função disso, que os registros geológicos da Terra que indicam inversões magnéticas também assinalam mudanças cíclicas ocorridas anteriormente. E, considerando a enorme escala de tempo representada por todo o processo, devem ter ocorrido muito poucas dessas mudanças ao longo da história do planeta.


IMPACTO SOBRE O PLANETA


Greg Braden costuma afirmar que estas informações não devem ser usadas com o objetivo de amedrontar as pessoas. Ele acredita que devemos estar preparados para as mudanças planetárias, que irão introduzir uma Nova Era de Luz para a humanidade: iremos além do dinheiro e do tempo, com os conceitos baseados no medo sendo totalmente dissolvidos.

Braden lembra que o Ponto Zero ou a Mudança das Eras vem sendo predito por povos ancestrais há milhares de anos. Têm acontecido ao longo da história do planeta muitas transformações geológicas
importantes, incluindo aquelas que ocorrem a cada treze (13) mil anos, precisamente na metade dos vinte e seis (26) mil anos de Precessão dos Equinócios.

O Ponto Zero ou uma inversão dos pólos magnéticos provavelmente acontecerá logo, acredita Braden. Poderia possivelmente sincronizar-se com o biorritmo de quatro (4) ciclos da Terra, que ocorre a cada vinte (20) anos, sempre no dia 12 de Agosto. A próxima ocorrência é em 2003.

Afirma-se que depois do Ponto Zero o sol nascerá no oeste e se porá no leste. Ocorrências passadas, deste mesmo tipo de mudança, foram encontradas em registros ancestrais.


OS REFLEXOS NA VIDA HUMANA


Greg Braden assinala que as mudanças na Terra estarão afetando cada vez mais nossos padrões de sono, relacionamentos, a habilidade de regular o sistema imunológico e a percepção do tempo. Tudo isso pode envolver sintomas como enxaquecas, cansaço, sensações elétricas na coluna, dores no sistema muscular, sinais de gripe e sonhos intensos.

Ele associa uma série de conceitos de ordem esotéricos aos processos geológicos e cosmológicos relacionados ao Ponto Zero. Para Braden, cada ser humano está vivendo um intenso processo de iniciação.

O tempo parecerá acelerar-se à medida que nos aproximarmos do Ponto Zero, em função do aumento da freqüência vibratória do planeta: 16 horas agora equivaleriam a um dia inteiro, ou seja, 24 horas.

Durante o fenômeno da mudança, aponta ele, a maior parte de tecnologia que conhecemos deverá parar de operar. Possíveis exceções poderiam ser em aparelhos com tecnologia baseada no "Ponto Zero" ou Energia Livre.

A inversão causada pelo Ponto Zero provavelmente nos introduzirá à Quarta Dimensão, diz o geólogo, então tudo que pensarmos ou desejarmos vai se manifestar instantaneamente. Isto inclui amor e medo. Daí que a intenção passará a representar um papel de suma importância na vida humana.


UM NOVO DNA


Para Braden, nosso corpo físico vem mudando à medida que nos aproximamos do Ponto Zero. Nosso DNA estaria sendo ampliado para doze (12) fitas em sua hélice, ao mesmo tempo em que um novo corpo de luz começaria a ser criado. Em Conseqüência: nos tornaríamos mais intuitivos e com maiores habilidades curativas.

Ele afirma também que todas as doenças dos anos 90, incluindo a AIDS, desaparecerão.

Nossos olhos ficariam como os do gato, para se ajustarem à nova atmosfera e nível de luz. E todas as crianças nascidas depois de 1998 provavelmente terão capacidades telepáticas.

O Calendário Maia destaca Braden, predisse todas as mudanças que estão ocorrendo agora. Os seus textos afirmam que estamos indo além da tecnologia e voltando aos ciclos naturais: os da Terra e os do Universo.

Por volta de 2012 estaríamos então entrado na Quinta Dimensão (depois do salto pata a Quarta Dimensão, que deverá ocorrer no próprio Ponto Zero).


O QUE É A RESSONÂNCIA SCHUMANN


Acredite ou não, a Terra comporta-se como um enorme circuito elétrico. É verdade que a atmosfera é um condutor bastante fraco e se, não houvessem fontes de carga, toda a carga elétrica terrestre se disseminaria em cerca de dez (10)minutos.

Existe uma "cavidade" definida pela superfície do planeta e o limite interior da ionosfera 55 km acima. Em qualquer momento dado, a carga presente nesta cavidade é de 500.000 C (Coulumbs). Existe uma corrente de fluxo entre o chão e a ionosfera de 1 a 3* 10-12 A (Ampéres) por metro quadrado. A resistência da atmosfera é de 200 W (Ohms). O potencial de voltagem é de 200.000 V (Volts).

Aproximadamente 1.000 tempestades luminosas acontecem a todo o momento no mundo. Cada uma produz de 0,5 a 1 A (Ampére), e elas, juntas, contribuem para a medida total do fluxo da corrente na "cavidade eletromagnética" da Terra.

As Ressonâncias de Schumann são ondas eletromagnéticas quase estáticas que existem nesta cavidade. Como ondas de uma mola, elas não estão presentes o tempo inteiro, e sim têm de ser estimuladas para serem observadas. Elas não são causadas por nada que acontece no interior da Terra, sua crosta ou seu núcleo.

Parecem estar relacionadas à atividade elétrica na atmosfera, particularmente em períodos de intensa atividade luminosa. Elas ocorrem em diversas freqüências Entre 6 e 50 ciclos p/s; especificamente 7, 8, 14, 20, 26, 33, 39 e 45 Hertz, com uma variação diária de cerca de 0,5 Hertz.


MANCHAS SOLARES


Enquanto as propriedades da cavidade eletromagnética da Terra permanecem as mesmas, estas freqüências também permanecem inalteradas. Presumivelmente, há uma mudança devida ao ciclo da mancha solar, já que a ionosfera da Terra responde ao ciclo de 11 anos de atividade solar.

Ressonâncias de Schumann são mais facilmente observadas entre 2.000 e 2200 UT. Tendo em vista que a atmosfera suporta uma carga, uma corrente e uma voltagem, não é surpreendente encontrar tais ondas eletromagnéticas.

As propriedades ressonantes desta cavidade terrestre foram previstas inicialmente pelo físico alemão W. Schumann entre 1.952 e 1.957, e detectadas pela primeira vez por Schumann e Konig em 1.954.

A primeira representação espectral desse fenômeno foi preparada por Balser e Wagner em 1.960. Muito da pesquisa, nos últimos 20 anos, foi conduzida pela Marinha norte-americana, que investiga freqüências extremamente baixas de comunicação com submarinos.

Quem deseja mais informações técnicas, pode buscar o Handbook of Atmospheric Electrodynamies, vol, 1, de Hans Volland (CRC Press,1.995). O capítulo 11 inteiro é sobre a Ressonância de Schumann, tendo sido escrito por Davis Campbel, do Instituto Geofísico da Universidade do Alaska. "Ao entardecer dizeis: haverá bom tempo porque o céu está rubro. E pela manhã: hoje haverá tempestade porque o céu está vermelho escuro. Hipócritas! Sabeis portanto discernir os aspectos do céu, e não podeis reconhecer os Sinais dos Tempos?" -SÃO MATEUS – XVI, 2,24.

De autor incógnito escrito em 82, mas mostra o perfil atual do humanidade. Observa-se, por toda a face da Terra, significativos sinais de uma grande mudança!

Toda a humanidade se encontra num estado de "tensão" e "expectativa". Expectativa de quê? Ninguém sabe ao certo, mas é um fato e ela existe, como bem o demonstra a insegurança pública.

Os mais céticos, afirmam ser devido à contingente situação atual da sociedade mundial. Alguns sociólogos afirmam ser devido às armas nucleares, ao chamado "equilíbrio do terror", cujo arsenal nuclear é suficiente para destruir todo o planeta mais de uma centena de vezes.

Já os ocultistas afirmam que estes "sintomas planetários sociais" são o "Inconsciente Coletivo" prognosticando uma terrível e implacável seleção ou separação do trigo do joio, proveniente de um grande "Julgamento Cíclico".

Em verdade, contudo, podemos apenas afirmar que: "Os tempos esperados já chegaram" e que pouco importa se os homens estejam ou não conscientes disto.

Ademais, o real conhecimento da Causa que tanta repercussão vem fazendo refletir na insegura humanidade, pertence somente àqueles que se fizeram dignos de tais revelações.

Já um certo discípulo teve ocasião de dizer: "Quatro círculos concêntricos se apresentam atualmente para definirem a evolução espiritual dos seres que habitam a face da Terra: o 1º, ou externo, é formado pelos "irremediavelmente perdidos" ou seja, aqueles que se defrontaram com o dantesco portal onde se lê ainda as seguintes palavras: LASCIATE OGNI SPERANZA, O VOI CH'ENTRATE. Sim, para estes, foram perdidas todas as esperanças;

O 2º, "dos "prováveis", ou aqueles que lutam como: RARINANTES IN GURGITE VASTO (raros náufragos nadando num vasto abismo), para se salvarem da grande tribulação do presente ciclo, que a tudo e a todos ameaça destruir;

O 3º círculo, é formado pelos já redimidos ou salvos, ou seja, aqueles que passaram por todas as provas dolorosas da vida e delas saíram vitoriosos;

Finalmente, o 4º grupo, formado pelos guias ou instrutores da humanidade. Os que se acham ocultos no interior do templo dedicado ao culto de Melkitsedek, e que outro não é senão o da Universidade Eucarística, o GRAAL de todos os Graals, sintetizados na Fraternidade Universal
da Humanidade.

Estes últimos seres a que se refere a citação acima, muito bem sabem o que há de suceder num futuro próximo e muito mais. Sabem ainda a razão porque a divindade manifestar-se-á como a "Face Rigorosa" (em lugar da amorosa) do Eterno e Soberano Senhor dos Universos.

De qualquer forma, para os cegos de espírito, que obstinadamente negam este futuro óbvio, eis os conselhos do sábio Sacerdote Atlante RA-UM. "Quando a estrela BAAL caiu no lugar, onde hoje só existe mar e céu, os dez países, com suas Portas de Ouro e Templos Transparentes, tremeram e estremeceram como se fossem as folhas de uma árvore sacudida pela tormenta.

Eis que uma nuvem de fogo e fumaça se elevou dos palácios. Os gritos de horror lançados pela multidão enchiam o ar. Todos buscavam refugio nos templos, nas cidades, e o sábio MU apresentando-se, lhes falou: "Não vos predisse eu todas essas coisas?" Os homens e mulheres cobertos de custosas vestes e pedras preciosas clamavam: "UM, salva-nos!" Ao que replicou MU: "Morrereis com vossos escravos, vossas riquezas, e de vossas cinzas surgirão outros povos. Se eles, porém, vos imitarem, esquecendo-se de que devem ser superiores, não pelo que adquirirem, mas pelo que oferecerem, a mesma sorte lhes caberá. O mais que posso fazer é justamente morrer convosco. Não tiveste dignidade para viver tenham pelo menos dignidade para morrer".

As chamas e o fumo afogaram as últimas palavras de MU que, de braços abertos para o ocidente desapareceu nas profundezas do oceano com 64 milhões de habitantes do imenso continente.

O parágrafo abaixo se refere a dados, a mim enviado, relativos à última anotação sobre a freqüência de Schumann (09.03.2002): Com relação a aceleração da freqüência planetária tivemos a felicidade de saber que ela acelerou mais um pouco no último sábado (passou de 28 para 27 ciclos e quanto mais baixa menor o tempo e mais facilidade de contato com os seres).

Assim nosso tempo, que até 1971 correspondia a 24 horas, atualmente está em menos de 12 horas por dia..

Obs: A sensação psico-mental é de que 12 h é equivalente a 24h. Daí muitos dizerem "O tempo está passando mais rápido, não sobra tempo para nada!"

FONTE:http://www.umanovaera.com/

TIME WAVE ZERO - 2012

O "Timewave Zero" é um software de computador baseado nas idéias de McKenna sobre a natureza fractal do tempo e mecânica da entrada de "novidade" na História humana. "Novidade", nesse contexto, são as complexificaçoes e acontecimentos dinâmicos capazes de moldar o rumo da história, em oposição à repetição e hábito.



McKenna afirmou: "Antes de Einstein o espaço era visto como uma dimensão onde colocamos coisas. O espaço era visualizado como uma analogia para o vazio. Mas então Einstein mostrou que o espaço é uma coisa que tem torque, e que é afetada pela matéria e pelos campos gravitacionais. A luz passando através de um campo gravitacional no espaço será curvada porque o espaço através do qual ela viaja está curvado. Em outras palavras, o espaço é uma coisa, e não um lugar onde você põe coisas.

O que proponho, em síntese, é que o tempo - que também foi previamente considerado uma abstração necessária - também é uma coisa. O tempo não apenas muda, como também há diversos tipos de tempo. Enquanto esses tipos de tempo vem e vão em progressão cíclica em muitos níveis, as situações se desenvolvem à medida que a matéria responde às condições de tempo e espaço. Esses dois padrões condicionam a matéria. Há muito tempo a ciência está consciente dos padrões de espaço, chamamos isso de "leis naturais", mas e quanto aos padrões de tempo? Essa é uma consideração completamente diferente."



Terence McKenna (1946-2000), autor, explorador e cientista norte-americano, passou o último quarto de século da sua vida a estudar as bases ontológicas do xamanismo e da etnofarmacologia da transformação espiritual. McKenna, fundador da Teoria da Novidade (um ramo da dinâmica fractal), formou-se em Ecologia, Conservação de Recursos e Xamanismo pela Universidade da Califórnia em Berkeley, E.U.A.

FONTE:http://www.ciclofinal.blogspot.com

sábado, 25 de outubro de 2008

Profecias de Parravicini



Benjamín Solari Parravicini nasceu em Buenos Aires em 8/8/1898. Era um artista plástico de renome internacional. Seus dons paranormais começaram a se manifestar na década de 30, quando sentia uma necessidade enorme de desenhar as mensagens que recebia. Com o decorrer do tempo apercebeu-se que esses desenhos eram proféticos. As suas profecias têm o mesmo padrão: um desenho acompanhado de um texto que recebia por psicografia.

Existem centenas de desenhos e textos proféticos, pelo que vou colocar aqui os mais significativos.

O que já aconteceu:



"Hitler - Mussolini. Com o mesmo fim; o mesmo fim..."(1938)



A América do Norte receberá o tiro certeiro. Fará um crime político em mudança de direcção - se ressentirá - colocará em perigo a sua estabilidade e liberdade(1940)
nota: repare na letra K desenhada á direita da figura junto do coração. A letra K de Kennedy.




"A liberdade da América do Norte perderá a sua luz. Sua tocha não alumiará mais como antes. O monumento será atacado duas vezes". (1939)



e em 11/09/2001...



entre muitas, muitas outras profecias...

e o presente/futuro??



"Crise, Bolsa no chão" - "O milionário yankee deixará de o ser"



"Chegará o principio do fim! O homem anulará o seu ser, a biologia gritará que descobriu como fazer vidas sem o ser masculino e desta maneira com o uso da glicerina tirada das células, começará a fabricar seres sem hereditariedade, mas sim com vida de maneiras desconhecidas. Chegará o tempo das explosões atômicas e farão a destruição de cada ser, a radiação matará e fará nascer monstros de todas as classes animal e vegetal, o mineral se quebrará. Desde 66 o homem nascerá com os ossos cristalizados pelo estrôncio, e o estrôncio fará em sua vida um desastre, lhes anulará o cérebro, alterará o gene do esperma, matará o glóbulo vermelho, aumentará o cancer ao extremo. A força nuclear dominará e os amarelos com os russos questionarão os lucros de poder em tal sentido. O 666 chegará com as mão plenas de forças nucleares e raios misteriosos e paralisadores. De micróbios novos ,de cometas artificiais com a..."(1936)"



Um planeta será ferido por um planeta apagado que roda os espaços. Esse planeta será a terra. A ferida do choque será na parte sul do hemisfério Norte e arrancará grande parte. Então o mundo terra vai tremer como um vulcão, igual a quando foi arrancado o pedaço da "América do Sul" hoje chamado no alto de "Suna". De novo o diluvio de novo a escuridão, de novo o eixo em seu lugar, de novo o rodar e um novo mar no fosso deixado, e de novo outra lua que brilhará mais.
A 'Amnis". (1938)



"Escuridão total. Depois do Caos do caribe um só olho verá desde a única palmeira e verá a luz do Sul. Mudanças totais no eixo terráqueo, mas o Sul será sempre o Sul..." (1938)



"CATACLISMO, HUMANIDADE VENCIDA, O cataclismo será predito mas ninguem acreditará. Mas chegará!"



"Cai sobre a terra no dia 5 do 5 de cincos o golpe de fogo estelar. Cairá nas regiões de Gibraltar e nas ilhas Baleares. Três dias lá, dois na América do Norte e, finalmente, um dia de cinco horas nas Antilhas. O fogo purificará! (1938)



"A Igreja se equivocará nos seus passos e os seus próprios dirigentes a falsearão".



"O Papado terá novas normas. A Missa será protestante sem o ser. Os protestantes serão católicos sem o serem. O Papa se afastará do Vaticano em viagens e chegará á América, entretanto a humanidade cairá". (1938)

FONTE:http://ciclofinal.blogspot.com/

Bancos recebem cartas com ameaças e pó branco

Vários bancos norte-americanos receberam, desde segunda-feira, pelo menos 30 cartas com ameaças e um pó branco no seu interior. No entanto, as primeiras análises laboratoriais não detectaram qualquer substância tóxica, informa o Globo.

«Estas cartas ameaçadoras contêm uma substância em pó. Neste momento, os testes deram resultado negativo, mas serão realizados mais testes», pode ler-se no comunicado do FBI.

As autoridades acreditam que foi a mesma pessoa ou o mesmo grupo de pessoas a enviar as cartas para bancos privados das cidades de Atlanta, Chicago, Columbus, Dallas, Denver, Newark, Nova York, Oklahoma City e Washington.

Alguns funcionários destes bancos foram examinados por precaução. O FBI recordou que esta prática, mesmo que as ameaças não se concretizem e o pó não seja tóxico, é um crime federal.

FONTE:http://diario.iol.pt/internacional/bancos-ameacas-po-antrax-eua/1004976-4073.html

Será que estão tentando encobrir provas sobre fenômenos estranhos do universo (isso inclui nibiru) ?

Como vimos, o Observatório de Arecibo, e vários outros, foram tirados do Projeto NEO (Near Earth Objects) que acompanha a aproximação de objetos espaciais da Terra. Mas, a retirada de informações disponíveis para o público, sobre objetos espaciais, não pára por aí.

Hoje em dia, os cientistas espaciais concordam que se um grande flare (emissão) solar, conhecido como ejeção de massa coronal (CME=coronal mass ejection) vier na direção da Terra, os resultados podem ser devastadores, desativando os satélites em órbita e as linhas de transmissão de energia elétrica em todo o mundo e causando trilhões de dólares de prejuízo à nossa infraestrutura.

Felizmente, os operadores de satélites, as companhias de energia e as forças militares têm um sistema de 'aviso-prévio' ('early-warning') chamado de 'Centro do Ambiente Espacial' (SEC=Space Environment Center). Este centro é uma divisão da NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration, em Boulder-Colorado-USA) que fornece dados em tempo real e fotos do ambiente solar. Esta informação prévia permite a outras agências fazer ajustes críticos de seus sistemas para limitar os danos a equipamentos sensíveis, no caso de ocorrer um grande flare solar dirigido em direção à Terra [1].

No entanto, para o espanto dos cientistas espaciais, no outono de 2003, o governo norte-americano anunciou inesperadamente que tem planos de encerrar todo o Programa SEC e eliminar os relatórios de todos os dados solares! Por que o governo iria considerar fechar algo tão importante como o SEC? Por que iriam fazer esta coisa ultrajante e irresponsável contra todo o público?

Porque o SEC capta imagens do Sol e de tudo que se aproxima do Sol vindo do espaço e, portanto, o SEC irá certamente captar imagens da anã marrom que está se aproximando cada vez mais (Nota: a maioria das fotos divulgadas do suposto Planeta X aparece com o Sol próximo deste astro), dando à população mundial informação adicional/antecipada de sua aproximação e, conseqüentemente, mais tempo para resolver os seus problemas sociais/logísticos - como pânico e revoltas em nossas ruas. Novamente, as pessoas no poder estão determinadas a manter a localização exata (no céu) e a época da aproximação da anã marrom um 'segredo' bem guardado pelo maior tempo possível. Quanto menos 'informação antecipada' o público tiver, menos tempo eles terão para se rebelar e saquear estabelecimentos comerciais - e por menos tempo o governo será forçado a manter a lei marcial (com estado de sítio, com toque de recolher). Falando simplesmente, manter a sociedade funcionando 'normalmente' e 'sem transtornos' pelo tempo mais longo possível e apenas fazer o fechamento das coisas no último momento.

Manter a aproximação da anã marrom um 'Top-Secret" (segredo máximo) até o último momento é uma parte importante dos planos de preparação geral de segurança nacional do governo, e eles estão provavelmente certos nesta iniciativa.

Enquanto isso, na surdina, muitos governos estão cavando bastante, construindo abrigos subterrâneos para uma minoria da população. Nos Estados Unidos, por exemplo, já construíram inúmeras bases militares subterrâneas bem profundas, chamadas de DUMBs (Deep Underground Military Bases). Na Noruega, como outro exemplo, tem-se abrigos subterrâneos para quase metade da população daquele país. Comenta-se que na China existe abrigos subterrâneos para quase toda sua população... Como podem observar, a previsão é que os cataclismas vindouros inviabilizarão a sobrevivência na superfície de nosso planeta; portanto, a garantia de sobrevivência física estaria no interior da Terra ou fora (no exterior) da Terra, como no projeto conhecido como Alternativa Três...

FONTE:http://saudeperfeitarfs.blogspot.com/

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Equipe de ‘A Tribuna‘ avista na rodovia imigrantes objeto não-identificado

Era para ser uma noite de trabalho como outra qualquer. Mas quis o destino que a madrugada de ontem fosse muito, muito especial.

Voltávamos de São Paulo, o motorista Ronaldo Cardoso Oliveira, o repórter-fotográfico Luiz Fernando Menezes e eu, a alma lavada após a cobertura do show de abertura do Tim Festival, com Sonny Rollins, mito do jazz norte-americano.

Era por volta de 0h30.Vínhamos conversando e brincando no carro. Na Rodovia dos Imigrantes, pouco antesde chegarmos ao pedágio, Luiz Fernando reparou numa luz laranja movendo-se no céu, em paralelo ao nosso carro, do lado direito.

Em tom de galhofa, chegou a dizer:" Olha o OVNI aí". Observei, enquanto o meu xará Ronaldo contorcia-se para ver, enquanto dirigia. Logo, saiu com o veredicto: "É um balão". Podia ser.

Parece que a estranha luz não gostou e, nesse momento, aumentou paulatinamente a velocidade. Naquele instante, comose diz, "caiu a ficha".

"Pára o carro!", gritamos Luiz Fernando e eu quase ao mesmo tempo. Com sua Canon 40D munida de uma lente 70x200, com um duplicador 1x4 (ufa!), Luiz Fernando fez as primeiras fotos e continuamos a jornada, sem perder a luz de vista.

Uma luz alaranjada acompanhou o carro de A Tribuna por um período, como se ‘‘permitisse’’ a fotografia, e mudou de tamanho várias vezes

De repente, como se quisesse chamar mais ainda a nossa atenção, a luz aumentou ligeiramente de tamanho.

"Pára o carro!", gritamos novamente Luiz e eu, cada um mais rápido – e alto – do que o outro.

E foi então que aconteceu a mais arrepiante coincidência da noite: no momento exato em que Luiz Fernando empunhou a câmera para a segunda bateria de fotos, a luz estancou, como se soubesse que seria – e quisesse – ser fotografada.

Terminamos as fotos e continuamos. Passamos o pedágio e o objeto começou a se mover no sentido inverso ao do carro.

Ainda o observamos alguns instantes, até sumir na distância. Ainda no carro, ao aumentarmos a foto, o estupor: no centro da luz, havia uma formação aparentemente sólida, sugerindo um objeto físico, real.

"Agora, ficou comprovado para mim que objetos voadores não-identificados existem", sentenciou Luiz Fernando, ao relembrar o episódio.

Mas talvez tenha sido o meu xará Ronaldo quem mais se aproximou do que sentimos naquele momento único, na Serra do Mar. "Deu um negócio esquisito aqui dentro".

Astrônomo tenta analisar fenômeno

O astrônomo amador José Roberto Costa, que assina a coluna Telescópio, no caderno de Ciências de A Tribuna, às segundas-feiras, também fez uma análise das fotos.

Pela imagens e pelo relato, não conseguiu chegar a uma conclusão do que possa ser o fenômeno.

"Dá para se excluir algumas hipóteses, como avião, helicóptero, satélites, ou o planeta Vênus", afirmou. "Embora não tenha o formato redondo de um balão atmosférico tradicional, esses balões existem também em outros formatos.

Há uma certa suspeita de que possa ser um balão". Segundo ele, nesse caso, a luz alaranjada se explicaria como a reflexão da luz solar. "Em vista da altitude e da hora, é possível que reflita os raios que atingem a outra face do planeta".

Não descarta, também, algum fenômeno natural ainda pouco ou nada conhecido da Ciência.

"É presunção afirmar que a Ciência conhece todos os fenômenos", e exemplificou com o chama do duende azul,um tipo de raio na tonalidade azulada, que nasce em nuvens muito altas e que foi fotografado pela primeira vez a partir de estações espaciais, já que faz sua trajetória é ascendente. "Não se sabe ainda porque ocorre".

Sobre a possibilidade de ser uma nave extraterrestre, José Roberto foi sucinto. "Também não se pode afirmar isso, é um salto enorme de raciocínio".

FONTE: A TRIBUNA DE SANTOS/SP

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

O Retorno do Planeta X

O pesquisador Salvatore de Salvo repassou as seguintes informações [1] em um congresso realizado em maio de 2008.

Ramatis fala de um planeta (astro intruso), bem maior que a Terra, que entraria no Sistema Solar e "higienizaria" a Terra de grande parte da humanidade, levando-a para as profundezas do espaço cósmico.

Zecharia Sitchin, no livro "O 12º Planeta", conta a história desse astro intruso, chamado de Nibiru pelos antigos sumérios, e Planeta X na atualidade. Este planeta cruza quase perpendicularmente o plano da eclíptica do sistema solar (formando uma espécie de cruz no espaço).

Em 2000, Salvatore tomou conhecimento do trabalho do jornalista italiano free lance chamado Cristoforo Barbato, que recebeu informações confidenciais de alguém pertencente à agência de espionagem do Vaticano, conhecida por SIV - Serviço de Informações do Vaticano (Servizio Informazioni del Vaticano), operada apenas por padres jesuítas, e que forneceu dados confirmando a existência do Planeta X e seu retorno eminente. O jesuíta informante forneceu um vídeo, em 2001, com a imagem de um planeta (X?) aproximando-se do sistema solar. O vídeo tem uma classificação secreta, a "Secretum Omega", a mais alta classificação do SIV, equivalente ao "Cosmic Top Secret", da OTAN. Especula-se que o filme foi feito por uma câmara de infravermelho a bordo de um satélite secreto chamado SILOE. As imagens teriam sido captadas por um rádio-telescópio secreto escondido no Alasca, operado exclusivamente por jesuítas.

O Planeta X tem um periélio de 2,85 AU e um afélio de 475,00 AU (periélio = menor distância do Sol, afélio = maior distância do Sol, AU = unidade astronômica igual à distância média entre Sol e Terra = 150 milhões de quilômetros) e cruza o plano da eclíptica a 85 graus.
A zona de perigo ocorrerá quando o Planeta X estiver passando em torno do periélio, pois então ocorrerão imensos fenômenos elétricos violentos (relâmpagos cósmicos) entre os dois astros. O Planeta X só se tornará visível a olho nú (à noite, como um objeto brilhante avermelhado), no Hemisfério Sul (onde estamos, aqui no Brasil), em 2009 ou 2010. A órbita completa deste planeta é de aproximadamente 3.660 anos terrestres. Como seu periélio é de 2,85 AU, ele estará o mais próximo do Sol quando estiver entre as órbitas de Marte e Júpiter.

Em 2.012, o Planeta X aparecerá como um segundo Sol (ou Lua) no céu, com tamanho aparente igual.

Os primeiros sinais de dilúvios aparecerão em 2.009 em Marte, pois a maior atividade de aquecimento solar irá derreter suas geleiras subterrânea. Na Terra haverá inundações onde, antes, havia seca e vice-versa.

Em 15 de maio de 2.011, o Planeta X estará a 6,4 AU do Sol e, no Hemisfério Sul, o veremos como uma pequena mancha que, à medida que o Sol baixe além do horizonte, ficará mais brilhante e intensamente vermelho, ficando mais luminoso que Vênus.

Os maias terminam seu grande calendário em 21.12.2012. Este dia corresponde ao solstício de inverno no Hemisfério Norte, e o Sol estará atravessando o plano mais denso da nossa Galáxia, estando então sujeito a perigos jamais vistos. O Planeta X estará a 3,0 AU do Sol e cruzando o plano da eclíptica.

Em 14 de fevereiro de 2013, o Planeta X chega ao seu periélio (2,85 AU) e pode-se considerar esse dia como o Dia do Juízo Universal, já que as descargas elétricas entre os dois astros atingirão o máximo, com a Terra ficando entre esses dois mastodontes e, portanto, será atingida por ventos inimagináveis, chuva de fogo caindo do céu (devido à formação de plama atmosférico de várias cores), terremotos e maremotos de intensidades inimagináveis e possível mudança do eixo de rotação terrestre. A atmosfera poderá ficar venenosa para se respirar. As redes de energia elétrica, de transporte e de comunicações ficarão destruídas e paralisadas. Só os governos e sistemas militares que se prepararam antecipadamente (em abrigos subterrâneos, vide as Alternativas 1, 2 e 3) irão ter garantia de sobrevivência.


FONTE:http://saudeperfeitarfs.blogspot.com

Avião 'quase se chocou com Ovni' em 1991 na Inglaterra

Relato é parte dos arquivos secretos divulgados pelo Ministério da Defesa britânico.

Um avião de passageiros da companhia aérea italiana Alitalia quase se chocou com um Ovni (Objeto Voador Não Identificado) quando sobrevoava a cidade inglesa de Kent, em 1991, de acordo com arquivos do Ministério da Defesa britânico divulgados nesta segunda-feira.

Segundo o registro, divulgado pelo Arquivo Nacional, o piloto do avião gritou “Olha isso, olha isso!” para o co-piloto ao ver um objeto marrom parecido com um míssil passar rapidamente por cima da aeronave.

De acordo com o capitão, o objeto teria passado a cerca de 300 metros acima do avião. Logo depois da aparição, a torre de controle afirmou ao piloto que o único objeto identificado pelo radar estaria a cerca de 10 milhas náuticas atrás do avião da Alitalia.

Investigações das aviações civil e militar não conseguiram explicar o caso. Depois de determinar que o objeto não se tratava de um míssil, balão ou foguete, o Ministério da Defesa fechou a investigação.

Arquivos

O incidente em Kent é um dos 19 arquivos sobre aparições de Ovnis que cobrem os anos de 1986 e 1992 e podem ser baixados do site dos Arquivos Nacionais da Grã-Bretanha.

O governo britânico deve liberar cerca de 200 arquivos sobre as aparições ao longo dos próximos quatro anos. Em maio, os primeiros oito arquivos foram revelados, cobrindo os anos de 1978 a 1987.

Entre os arquivos revelados nesta semana está ainda o relato de um piloto da Força Aérea americana que teria recebido uma ordem de atirar em um Ovni que apareceu em seu radar enquanto sobrevoava a região de East Anglia, no leste da Inglaterra.

Há também uma carta de uma mulher, afirmando ser do sistema planetário Sirius, que diz que sua nave caiu na Grã-Bretanha durante a Segunda Guerra Mundial.

Para o especialista em Ovnis da Universidade Sheffiel Hallam, David Clarke, os documentos oferecem novas informações sobre aparições pouco conhecidas.

“O assunto é deturpado por charlatões e lunáticos e por isso é um crime contra a carreira profissional ter seu nome associado aos Ovnis, o que é uma pena”, disse.

“O Arquivo Nacional está fazendo um trabalho fantástico. Cada um pode ter sua própria interpretação”, afirmou Clarke.

“Agora é possível olhar para o material primário - as coisas que o Ministério recebe todos os dias - e formar sua opinião”, concluiu.

FONTE:http://g1.globo.com/

domingo, 19 de outubro de 2008

Crise engatilhada? - Cessação de pagamentos do governo americano no Verão de 2009

Por ocasião do aparecimento do GEAB Nº 28, o LEAP/E2020 decidiu lançar um novo alerta no quadro da crise sistémica global pois nossos investigadores consideram que no Verão de 2009 o governo americano estará em cessação de pagamentos e não poderá portanto reembolsar seus credores (detentores de Títulos do Tesouro dos EUA, títulos da Fanny Mae e do Freddy Mac, etc). Esta situação de bancarrota evidentemente terá consequências muito negativas para o conjunto dos proprietários de activos denominados em dólares dos EUA. Segundo a nossa equipe, o período que então se abrirá tornar-se-á propício ao lançamento de um "novo dólar" destinado a remediar brutalmente o problema da cessação de pagamentos e da fuga maciça de capitais fora dos Estados Unidos. Este processo decorrerá dos cinco factores seguintes que são analisados mais em pormenor no GEAB Nº 28.


1- A evolução recente, em alta, do dólar é uma consequência directa e provisória da queda das bolsas mundiais

2- O "baptismo político" do euro acaba de ter lugar dando uma alternativa "de crise" ao dólar, enquanto "valor refúgio" crível

3- A dívida pública americana incha de maneira doravante incontrolável

4- O colapso em curso da economia real dos Estados Unidos impede toda solução alternativa à cessação de pagamentos.

5- "Forte inflação ou hiper-inflação nos Estados Unidos em 2009", esta é a única questão.


. Mas já se pode ter uma ideia da evolução que se aproxima examinando a Islândia, que a nossa equipe acompanha à lupa desde o princípio de 2006. Este país constitui com efeito um bom exemplo do que espera os Estados Unidos, e igualmente o Reino Unido. Pode-se considerar, tal como bom número de islandeses hoje, que o colapso do sistema financeiro foi provocado pelo facto de estar super-dimensionado em relação ao porte da economia do país.

A Islândia, em matéria financeira, deixou-se dominar pelo Reino Unidos [1] . Como em matéria financeira o próprio Reino Unidos foi dominado pelos Estados Unidos e como os Estados Unidos estão dominados por todo o planeta, não é inútil meditar no precedente islandês [2] para apreender o rumo dos acontecimentos dos próximos doze meses em Londres e em Washington [3] .

Com efeito, assistimos actualmente a um duplo fenómeno histórico:

- por um lado, desde o mês de Setembro de 2008 (como anunciado no GEAB Nº 22, de Fevereiro de 2008), o conjunto do planeta doravante está consciente da existência de uma crise sistémica global caracterizada por um colapso do sistema financeiro americano e seu contágio ao resto do planeta.

. - por outro lado, actores mundiais cada vez mais numerosos tratam de agir por si mesmos diante da ineficácia das medidas preconizadas ou adoptadas pelos Estados Unidos, apesar de este ser o centro do sistema financeiro mundial desde há décadas. O exemplo da 1ª Cimeira da Eurolândia (ou Eurozona ), que se verificou domingo 12 de Outubro de 2008 e cujas decisões, pela sua amplitude (cerca de 1.700 mil milhões de euros) e sua natureza [4] , permitiram um retorno da confiança nos mercados financeiros de todo o planeta, é a este respeito inteiramente exemplar do "mundo pós Setembro de 2008".

Pois há certamente um "mundo pós Setembro de 2008". Para a nossa equipe, doravante é evidente que este mês ficará nos livros de história de todo o planeta como aquele "a datar" o desencadeamento da crise sistémica global; mesmo se não se tratar de facto senão da fase de "decantação", a última das quatro fases desta crise identificada desde Junho de 2006 por LEAP/E2020 [5] . Como acontece sempre nos grandes conjuntos humanos, a percepção da mudança pela maioria não se verifica senão quando a mudança já está de facto bem avançada.

No caso presente, Setembro de 2008 marca a grande explosão do "detonador financeiro" da crise sistémica global. Segundo LEAP/E2020, este segundo semestre de 2008 é com efeito o momento em que "o mundo mergulha no coração da fase de impacto da crise sistémica global" [6] . Isto quer dizer que no fim deste semestre, segundo os nossos investigadores, o mundo entre na fase dista de "decantação" da crise, ou seja, a fase em que se vêem as consequências do choque aparecerem. É de facto a fase mais longa da crise (entre três e dez anos, conforme o país) e aquela que vai afectar directamente o maior número de pessoas e de países. É a etapa igualmente em que se delinearão os componentes dos novos equilíbrios mundiais dos quais LEAP/E2020 apresenta duas primeiras ilustrações gráficas neste GEAB Nº 28 [7] .

Assim, como temos repetido reiteradas vezes desde 2006, esta crise é muito mais importante, em termos de impacto e de consequências, que aquela de 1929. Historicamente, todos nós somos os primeiros actores, testemunhas e/ou vítimas, de uma crise que afecta todo o planeta, com um grau de interdependência sem precedentes dos países (devido à globalização destes últimos vinte anos) e das pessoas (o grau de urbanização, e portanto de dependência para as necessidades básicas – água, alimentação, energia, ... – é hoje sem antecedentes na História). Entretanto, o precedente dos anos 1930 e suas terríveis consequências destruidoras parece bem presentes nas memórias colectivas para nos permitir, se os cidadãos forem vigilantes e os dirigentes lúcidos, evitar uma repetição conducente a uma (ou várias) grande(s) conflagração(ões).

Europa, Rússia, China, Japão, ... constituem sem nenhuma dúvida os actores colectivos com poderes para assegurar que a implosão em curso da potência dominante destas últimas décadas, ou seja, os Estados Unidos, não conduza o planeta a uma catástrofe. Com efeito, com excepção da URSS de Gorbachov, os impérios têm tendência a tentar inutilmente inverter o curso da História quando sentem seu poder entrar em colapso. Cabe às potências parceiras canalizar pacificamente o processo, assim como aos cidadãos e elites do país afectado fazer prova de lucidez para enfrentar o período muito penoso que se prepara.

A "reparação de emergência" dos canais financeiros internacionais, realizada sobretudo pelos países da zona euro neste princípio do mês de Outubro de 2008 (8), não deve mascarar três factos essenciais:

– esta "reparação de emergência", necessária para evitar um pânico que ameaçava engolir todo o sistema financeiro mundial em poucas semanas, não trata provisoriamente senão um sintoma. Ela não faz senão ganhar tempo, dois ou três meses no máximo, pois a recessão global e o colapso da economia americana (o gráfico acima mostra o crescimento vertiginoso dos fundos emprestados aos bancos americanos pela Reserva Federal) vão acelerar-se e criar novas tensões económicas, sociais e políticas é preciso tratar antecipadamente no próximo mês (uma vez executados os "pacotes financeiros").

– mesmo se fosse absolutamente necessário por em andamento o sistema de crédito, os gigantescos meios financeiros consagrados por todo o planeta às "reparações de emergência" do sistema financeiro mundial serão meios que não poderão ser postos à disposição da economia real no próximo mês para enfrentar a recessão global

. – a "reparação de emergência" constitui uma marginalização, e portanto um enfraquecimento suplementar dos Estados Unidos, pois ela estabelece processos contrários àqueles louvados por Washington para os US$700 mil milhões do TARP[10] .

Este último ponto ilustra como, no próximo ver, as soluções para a crise e as suas diferentes sequencias (financeira, económica, social e política) vão divergir cada vez mais: aquilo que é bom para o resto do mundo não o será para os Estados Unidos [11] e doravante, com a Eurolândia à cabeça, o resto do mundo parece determinado a fazer suas próprias opções.


O choque brutal que gerará a cessação de pagamentos dos Estados Unidos no Verão de 2009 é em parte uma consequência deste desatrelamento decisional das grandes economias do mundo em relação aos Estados Unidos. É previsível e talvez seja amortecido se o conjunto dos actores começar desde já a antecipar; é aliás um dos temas desenvolvidos neste GEAB Nº 28. O LEAP/E2020 espera apenas que choque de Setembro de 2008 tenha "educado" os responsáveis políticos, económicos e financeiros do planeta a fim de compreenderem que se age melhor por antecipação do que na emergência. Seria danoso que a Eurolândia, a Ásia e os países produtores de petróleo, assim como os cidadãos americanos, descobrissem brutalmente no decorrer do Verão de 2009, depois de um fim de semana prolongado ou de um encerramento administrativo dos bancos e das bolsas no território americano durante vários dias, que os seus Títulos do Tesouro dos EUA e seus dólares não valem mais do que 10% do seu valor pois um "novo dólar" acaba de ser instaurado [12] . de Hank Paulson e Bernanke: uma recapitalização dos bancos pelos governos (decisão que Hank Paulson é agora obrigado a seguir) e uma garantia dos empréstimos interbancários (de facto, os governos da Eurolândia substituem-se aos seguradores de créditos, uma indústria no cerne das finanças mundiais e essencialmente americana desde há décadas). Estas evoluções afastam sempre mais ligações decisionais e fluxos financeiros para fora da órbita americana num momento em que a economia dos Estados Unidos e a explosão da sua dívidas pública (9) e privada teriam sido precisas mais do que nunca; sem sequer falar das pensões dos aposentados que se evolam em fumos

Notas:

[1] A Islândia adoptou desde há mais de 10 anos todos os princípios da desregulamentação e da financiarização da economia que foram desenvolvidos e aplicados nos Estados Unidos e no Reino Unido. Reykjavik tornara-se uma espécie de "Mini-Me" financeiro de Londres e Washington, tal como o personagem do filme muito americano-britânico de Austin Powers. E os três países tentaram actuar financeiramente como "o sapo que quer se tornar tão grande quanto o boi" , como na fábula de Jean de la Fontaine cujo fim é fatal para o sapo.

[2] Assim a bolsa islandesa entrou num colapso de 76% depois de ter sido encerrada alguns dias a fim de "evitar" o pânico! Fonte: MarketWatch , 14/10/2008

[3] A este respeito, examinemos de perto o montante do "pacote financeiro" anunciado por Londres, ou seja, €640 mil milhões dos quais €64 mil milhões para recapitalizar os bancos e €320 mil milhões para suportar as dívidas a médio prazo destes mesmos bancos (fonte: Financial Times, 09/10/2008). Com uma economia em queda livre à semelhança do mercado imobiliário, uma inflação galopante, fundo de capitalização para pensões que se desvanecem em fumo e uma moeda no seu ponto mais baixo, além de aumentar a dívida pública e enfraquecer ainda mais a libra, vê-se mal como isso pode "salvar" bancos britânicos já em má situação. Ao contrário dos bancos dos países da maior parte da zona euro, o sistema financeiro britânico, tal como seu homólogo americano, está no cerne da crise, e não como uma vítima colateral. Gordon Brown pode bem comparar-se a Churchill e Roosevelt somados (fonte: Telegraph, 14/10/2008), mas com o seu evidente desconhecimento da História, ele esquece que nem Churchill nem Roosevelt haviam passado 10 anos nos comandos dos seus países quando tiveram de enfrentar as suas respectivas "grande crise" (isso vale aliás para os Estados Unidos e a administração Bush – Paulson e Bernake incluídos – que vêm todos "do problema" e portanto pouco provavelmente fazem parte "da solução"). Sem contar que Roosevelt e Churchill organizavam cimeiras como Yalta ou Teerão deixando franceses e alemães à porta, ao passo que foi ele que teve de permanecer à porta da Cimeira da Eurolândia.

[4] Fonte: L'Express , 13/10/2008

[5] Fonte GEAB N°5 , 15/05/2006

[6] Fonte: GEAB N°26 , 15/06/2008

[7] LEAP/E2020 apresenta assim uma síntese das suas antecipações sobre a fase de decantação da crise graças a um mapa mundial do impacto da crise diferenciando entre seis grandes grupos de países; assim como um calendário antecipativo 2008-2013 das quatro sequências financeira, económico, social e político para cada uma destas regiões.

[8] Pois foi a zona euro, a Eurolândia, que permitiu travar a espiral de pânico global. Desde há semanas, as iniciativas americanas e britânicas não têm tido efeito. É a irrupção de um novo actor colectivo, a "cimeira da Eurolândia" e suas decisões de envergadura que constituiu o fenómeno novo e reconfortante. Trata-se aliás de um novo actor que Washington e Londres impediram sistematicamente de emergir desde o lançamento do euro há seis anos. E foi preciso toda uma preparação diplomática (reunião prévia, foto de grupo antes da cimeira, ...) para permitir ao primeiro-ministro britânico fazer crer que ele não estava marginalizado neste processo, quando ele não pertence de facto às cimeiras da zona euro. Neste GEAB Nº 28, o LEAP/E2020 reexamina este fenómeno e as consequências sistémicas duráveis da efectivação da 1ª cimeira d Eurolândia.

[9] O plano de salvamento financeiro americano já acrescentou US$17 mil à dívida de cada americano. Fonte: CommodityOnline , 06/10/2008

[10] Foram com efeito US$2 milhões de milhões de pensões por capitalização que desapareceram em fumo nos Estados Unidos nestas últimas semanas. Fonte: USAToday, 08/10/2008

[11] Pelo menos a curto prazo. Pois nossa equipe está convencida de que para o povo americano, a médio e longo prazos, não é mau de todo que o sistema dominante em Washington em Nova York seja posto em causa no fundamental. Foi efectivamente este sistema que mergulhou estes país nos problemas dramáticos em que dezenas de milhões de americanos hoje se debatem, como ilustra perfeitamente este artigo do New York Times de 11/10/2008.

[12] Mesmo que seja uma medida de pouca amplitude em relação à perspectiva de cessação de pagamentos dos Estados Unidos, aqueles que pensam que é tempo de reinvestir nos mercados financeiros podem considerar útil saber que o New York Stock Exchange acaba de rever todos os seus patamares de interrupção das cotações por causa da queda demasiado forte das mesmas. Fonte: NYSE/Euronext , 30/09/2008

FONTE:
http://resistir.info/

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Controle nos alimentos? - O Codex Alimentarius

Codex Alimentarius: Controle da População sob o Disfarce da Proteção ao Consumidor.

Dr. Gregory Damato, Ph.D.
quarta-feira, 10 de setembro de 2008

(NaturalNews) Codeath (quero dizer, desculpe-me Codex) Alimentarius, o nome latino para Código dos Alimentos, é uma organização muito mal compreendida que a maioria das pessoas [incluindo aproximadamente quase todos os congressistas americanos] nunca ouviram falar sobre isto, nem se preocuparam em entender a verdadeira realidade desta organização de comércio extremamente poderosa. Do website oficial do Codex o propósito altruista desta comissão é “proteger a saúde dos consumidores e assegurar justas práticas comerciais, e promover a coordenação de todo o trabalho de padronização de alimentos realizado por organizações governamentais internacionais e não governamentais”. O Codex é um empreendimento conjunto [joint venture] regulado pela Organização Agrícola e Alimentar (FAO) e Organização Mundial de Saúde [OMS]

Uma Breve História do Codex

A história do Codex começou em 1893 quando o império austríaco-hungaro decidiu que precisava de um conjunto específico de orientações pelo qual as côrtes julgariam os casos que lidavam com alimentos. Este conjunto regulatório de mandados se tornou conhecido como Codex Alimentarius e foi efetivamente implementado até a queda do império em 1918. A ONU se encontrou em 1962 e decidiu que o Codex devia ser reimplementado mundialmente para proteger a saúde dos consumidores. Dois terços do custeio do Codex se emana do FAO enquanto o outro terço vem da OMS.

Em 2002, o FAO e a OMS tinham sérias preocupações sobre a direção do Codex e contrataram um consultor externo para determinar sua performance desde 1962 e designar que direção tomar a organização de comércio. O consultor concluiu que o Codex devia ser imediatamente rasgado e eliminado. Este era o tempo no qual a grande indústria entendeu o completo potencial monetário desta organização e exerceu sua poderosa influência. A consequência atualizada foi um relatório suavizado pedindo que o Codex se dirigisse a 20 várias preocupações dentro da organização.

  • Desde 2002, a Comissão do Codex Alimentarius tem encobertamente submetido seu papel como uma organização internacional de saúde pública e proteção do consumidor. Sob a proteção da grande indústria, o único propósito subreptício do novo Codex é aumentar os lucros para as forças destrutivas corporativas globais enquanto controla o mundo por meio dos alimentos. O entendimento implícito da filosofia deles é que se você controla os alimentos, você controla o mundo.

O Codex Agora

O país mais dominante por trás da agenda do Codex é os EUA cujo propósito é beneficiar os interesses multinacionais como as Grandes Industrías Farmacêuticas, as Grandes Indústrias Químicas, os Grandes Agro-negócios e similares. No último encontro em Genegra os EUA recentemente assumiram a presidência do Codex o que facilitará uma exacerbação da distorção da liberdade da saúde e continuará a promulgação da desinformação e mentiras sobre os organismos geneticamente modificados (GMOs) e nutrientes enquanto completam a tácida agenda de controle populacional. A razão pela qual os EUA continuam a dominar o Codex é porque os outros países falsamente acreditam que os EUA possuam a mais recente e mais segura tecnologia quando se trata de alimentos e portanto, seja o que for que os EUA peçam, seus aliados (União Européia, Argentina, Brasil, Canadá, México, Austrália, Malaisia, Indonésia, Japão, Singapura) seguem a adotar quase que todo tempo.

Muitos dos países que desejam participar e querem ter uma voz para expresar as opiniões deles, não tem permissão para comparecerem aos encontros do Codex já que os EUA negam a maioria dos vistos para estes representantes, seja como for que eles se sintam a respeito disso. Muitos destes países [África do Sul, Suazilandia, Quenia, Gana, Egito, Cameron, Sudão e Nigéria] entendem que o Codex tem sido alterado de uma benévola organização alimentar para uma que é fraudulenta, letal e ilegítima. O fato de que os encontros do Codex sejam mantidos por todo mundo também não é um acidente e permite que os EUA mantenha uma rédea curta sobre a agenda do Codex na medida em que os países menos viáveis economicamente não são capazes de participar.

A Ameaça Real

Enquanto a agenda esotérica da media está ocupada dirigindo os medos nos corações do mundo ao se focalizar no terrorismo, aquecimento global, salmonella, falta de alimentos, as reais ameaças estão clandestinamente se tornando uma realidade. Logo cada coisa que você coloque em sua boca [com a exceção dos remédios, com certeza] serão altamente reguladas pelo Codex Alimentarius, inclusive a água. Os padrões do Codex são uma completa afronta a liberdade de uma comida e água limpas, ainda que estes regulamentos não tenham ainda um vigor legal internacional. Porque devemos nos preocupar? Este padrões mandatórios logo serão aplicados a cada país que seja membro da Organização Mundial de Comércio [OMC]. Se os países não seguirem estes padrões, então enormes sanções comerciais serão o resultado. Alguns padrões do Codex entrarão em vigor em 31 de dezembro de 2009 e uma vez iniciados serão completamente irrevogáveis; eles incluem:

  • * Todos os nutrientes [vitaminas e minerais] são para serem considerados toxinas/venenos e devem ser removidos de todo alimento porque o Codex proibe o uso de nutrientes “para evitar, tratar ou curar qualquer condição ou doença”.
  • * Toda comida [inclusive orgânica] deve ser irradiada, removendo todos os nutrientes tóxicos das alimentos [a menos que ingeridos localmente e crus].
  • * Os nutrientes permitidos serão limitados a uma Lista Positiva desenvolvida pelo Codex que incluirá tais nutrientes benéficos como fluoreto [3.8 mg diariamente] desenvolvidos do desperdício ambiental. Todos os outros nutrientes serão proibidos nacionalmente e internacionalmente em todos os países membros do Codex
  • * Todos os nutrientes (por exemplo, CoQ10, Vitaminas A, B, C, D, Zinco e Magnésio) que tenham qualquer impacto positivo na saúde do corpo serão considerados ilegais sob o Codex e são para serem reduzidos a quantidades desprezíveis para a saúde humana.
  • * Você não será capaz de obte-los em qualquer lugar no mundo, até mesmo com uma prescrição médica
  • * Todo anúncio sobre nutrição [incluindo escrito online ou em artigos de revistas científicas ou por conselho oral de um amigo, membro da família ou qualquer um] será ilegal. Isto inclui notícias de naturalnews.com sobre vitaminas e minerais e todas as consultas a nutricionistas.
  • * Todo o leite extraído diariamente das vacas deverá ser tratado com o hormonio de crescimento recombinante bovino da Monsanto
  • * Todos os animais usados para alimento serão tratados com potentes antibióticos e hormônios exógenos de crescimento.
  • * A reintrodução de pesticidas orgânicos mortais e carcinogêncos que em 1991, 176 países [incluindo os EUA] tem banido mundialmente, incluindo 7 dos 12 piores da Convenção de Estocolmo sobre Persistentes Pesticidas Organicos ( Hexachlorobenzeno, Toxafeno e Aldrin) serão permitidos retornarem aos alimentos em níveis elevados.
  • * Níveis tóxicos e perigosos de aflotoxina (0.5 ppb) no leite produzido por condições ruins de armazenamento do alimento animal serão permitidos. A aflotoxina é o segundo carcinogeno mais potente [não radioativo] conhecido pelo homem.
  • * O uso obrigatório de hormônios de crescimento e antibióticos em todos os rebanhos alientares, peixes etc.
  • * Implementação mundial de transgênicos não identificados nas plantações, animais, peixes a árvores
  • * Níveis elevados de resíduos de pesticidas e inseticidas que são tóxicos para humanos e animais.

Alguns exemplos de potenciais níveis de segurança permissíveis de nutrientes sob o Codex incluem:

* Niacina - limites superiores de 34 mcg diariamente (as doses eficazes diárias incluem 2000 e 3000 mcgs).

* Vitamina C - limite superior de 65 a 225 mcg diário (dose diária eficaz inclui 6000 a 10000 mcgs).

* Vitamina D - limites superior de 5 µg diário (dose diária eficaz inclui 6000 a 10000 µg).

* Vitamina E - limite superior de 15 IU de alfa tocoferol apenas por dia, até mesmo embora o alfa tocoferol por si só tem implicado no dano celular e é tóxico para o corpo (dose eficaz diária da mistura de tocoferóis incluem 10000 a 12000 IU).

A Porta Está Aberta para o Codex

Em 1995, a Administração de Alimentos e Remédios dos EUA (FDA) criou uma política ilegal declarando que os padrões internacionais (i.e, Codex) substituiriam as leis dos EUA que governam todos os alimentos até mesmo se estes padrões fossem incompletos. Sobretudo, em 2004 os EUA aprovaram o Acordo de Comércio Livre Central Americano [ilegal sob a lei dos EUA mas legal sob a lei internacional] que exige que os EUA se adequem ao Codex em dezembro de 2009.

Uma vez estes padrões sejam adotados, não há meio de voltar aos antigos. Uma vez o cumprimento do Codex comece em qualquer área, tão longe se permaneça um membro da Organização Mundial de Comercio, isto é totalmente irrevogável. Estes padrões são incapazes de serem repelidos, mudados ou alterados de qualquer forma.

O controle da população por dinheiro é o meio mais fácil de descrever o novo Codex que é governado pelos EUA e controlado pelas Grandes Indústrias Farmacêuticas e é provável reduzir a população a um nível sustentável de 500 milhões - uma redução de aproximadamente 93%. A FAO e a OMS tem a audácia de estimar que apenas pela introdução da orientação sobre as vitaminas e os minerais, um mínimo de de 3 bilhões de mortes [um bilhão por inanição e outros dois bilhões por doenças degenerativas preveníveis da nutrição, isto é, câncer, doença cardio-vascular e diabetes] resultarão.

Os alimentos degradados, desmineralizados, cheios de pesticidas e irradiados são o meio mais rápido e eficiente de causar uma lucrativa má nutrição, doenças degenerativas evitáveis cujo curso de ação nais apropriado é sempre farmacêutico. A morte pelo lucro é o nome deste jogo. A Grande Indústria Farmacêutica está esperando por esta oportunidade por anos.

Combatendo Isto Tudo

Dr. Rima Laibow, M.D., que é o diretor médico da Natural Solutions Foundation, tem tomado ação legal contra o governo dos EUA e continua a estar presente em cada encontro do Codex enquanto luta por nossa liberdade de saúde. No último encontro em Genebra ouviu algumas vozes dissidentes que estão cansadas dos EUA intimidarem todos os outros países no mundo com sua agenda de controle populacional. O Brasil e a China tem declarado que quando países menores e não representados são incapazes de comparecerem aos encontros do Codex [devido aos EUA não darem os vistos ou não terem os necessários meios monetários] então cada decisão tomada na ausência deles é inválida. Como um resultado, o Codex logo pode se desabar sob o peso de sua própria corrupção, mas a pressão precisa ser unilateralmente aplicada.

Dr. Rima também tem estado se encontrando com delegados de outros países e tornando-os cientes de algo chamado Padrões Particulares. Os Padrões Particulares permitem que países esbocem padrões alimentares que sejam mais seguros e altos do que aqueles determinados pelo Codex. Obviamente, esta não é uma tarefa muito difícil e muitos países podem aparentemente contornar as furadas e irrevogáveis orientações que o Codex está tentando implementar em 31 de dezembro de 2009.

O que você pode fazer?

O único meio de evitar tais eventos cataclísmicos é combater com a disseminação do conhecimento a todo mundo que você conhece. Não importa se eles ainda estão dormindo ou hipnotizados pela escravidão da vida diária ou ocupados demais para prestar atenção. O tempo de acordar é agora. O governo dos EUA e a media colaboradora tem estado tentando distrair a América enquanto todos estes padrões egrégios e obrigatórios estão sendo encobertamente aprovados. É tempo de agir e você pode fazer isto indo a (www.healthfreedomusa.org) e seguindo as mais recentes atualizações do Codex. Você também pode assinar uma petição legal aqui:

Um outro meio eficaz de fazer com que a sua voz seja ouvida é enviar um email ou escrever para o seu congressista. Se você envia um email ao congresso isto ostensivamente será contado como 13.000 emails. O Congresso dos EUA acredita que para cada pessoa que ocupa seu tempo em escrever um email para eles há outras 13.000 pessoas que partilham de opiniões similares mas não ocupam tempo em promulga-las. Aqueles que vivem em outros países precisam contactar seus representantes para ter sua voz ouvida. É muito importante que uma ação rápida e vociferante seja tomada agora. Os tempos estão mudando muito rapidamente e a menos que nos unamos sobre este assunto podemos todos ter que começar a pensar sobre plantar nossos próprios alimentos em um futuro muito próximo para evitar o extermínio.

SITE DO CODEX:http://www.codexalimentarius.net/web/index_en.jsp

Contactos do Codex para tomada de Ação

Dr. F. Edward Scarbrough - U.S. Manager for Codex- U.S. Department of Agriculture - 4861-South Building- Washington, DC 20250- Phone: (202) 205-7760 - Fax: (202) 720-3157
Ed.scarbrough@fsis.usda.gov


FONTE:http://conspireassim.wordpress.com/2008/09/29/codex-alimentarius/