terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Telescópio no Monte Graham - EUA, capta estranha massa de energia em direção à Terra

Créditos: Ufos Online

Telescópio Binocular Grande, chamado de Lúcifer, ou LBT (Large Binocular Telescope), empoleirado no topo do Mount Graham Observatório Internacional no sudeste do Arizona, contém uma ferramenta extremamente poderosa que permite que astrônomos possam observar os objetos mais tênues e mais distantes nos céus da nossa Galáxia.

As Origens do ‘Lucifer

O WND contatou astrônomos alemães do Centro de Astronomia da Universidade de Heidelberg, que colocou o seu diabólico nome de LUCIFER. O Astrônomo e Professor  Andreas Quirrenbach, que também se identificou como um católico, disse ao WND que há um equívoco comum sobre o termo “Lúcifer”.

“A origem do nome e o seu significado, em latim, é “o portador da luz”, declarou Quirrenbach. “Considerando que hoje a maioria das pessoas podem associar esse nome com um mítico anjo caído, que também é freqüentemente identificado com o diabo, este não é a única forma e também não é o uso original do nome.

“Na verdade a designação ‘Lucifer’ foi usada desde a antiguidade para designar a “estrela da manhã”, ou seja, o planeta Vênus quando ele é visível no céu da manhã. Este é o primeiro uso do nome, e por isso sua ocorrência em astronomia precede a qualquer conotação religiosa posterior” - Andreas Quirrenbach.

O que ele captou?

Em 10 de Janeiro de 2014 o telescópio “Lucifer” do Vaticano captou imagens de uma massa de energia (??) rumando para a Terra. Está vindo do Sul (lembrando do grande observatório existente no polo sul) e ainda não se tem maiores informações. Teria alguma ligação com o Planeta X/Hercólubus/Nibiru?


Fonte: Ufos Online

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...