terça-feira, 28 de janeiro de 2014

FEMA acelera preparação para uma pandemia

Créditos: A Nova Ordem Mundial

A  FEMA (Agência Federal de Gerenciamento de Emergências dos EUA) está à procura de fornecedores que possam produzir depósitos de lixo de quase 40 metros, juntamente com especialistas que possam descartar resíduos bio-médicos contaminados durante uma emergência nacional.

O Request for Information (RFI) aparece no site FedBizOpps e pede "informações de fornecedores da indústria de remoção de resíduos que podem, potencialmente, fornecer serviço de depósito de lixo e/ou recolhimento de resíduos bio-médicos e serviços de remoção durante os eventos de ação emergencial dentro da área de responsabilidade dos Estados Unidos Continental (CONUS)".

A FEMA está planejando ter uma ou mais empresas contratadas, e entregar a eles o serviço como parte de um contrato por tempo indeterminado que terá inicialmente um comprimento de base de um ano, com quatro opções adicionais de 12 meses.
O RFI afirma que os contratados "deverão coletar os resíduos infecciosos (regulamentados) diariamente" e uma página anexada com um questionário pergunta aos empreiteiros se eles podem fornecer lixeiras de diferentes tamanhos e quão rapidamente eles podem fornecer.

A FEMA, sem dúvida, afirmará que isto é apenas parte dos preparativos de rotina para emergências nacionais de saúde, as quais podem ou não acontecer, embora isso não tenha impedido que algumas pessoas expressem preocupação de que a agência federal está se preparando para uma grande pandemia como a gripe aviária H7N9 que atingirá os EUA.

Um site ligou o pedido de depósitos de lixo à uma solicitação anterior da FEMA buscando 100.000 calças e camisetas "Doctor Scrubs" (para limpeza pesada) para serem entregues dentro de 48 horas a 1.000 tendas hospitalares em todo o país. Os fornecedores responderam ao pedido incomum, afirmando que eles não seriam capazes de cumprir uma tal "cenário de armageddon".


China está sofrendo atualmente um surto de vírus H7N9, que deixou dezenas de pessoas em estado grave, com várias mortes.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...