terça-feira, 12 de abril de 2011

Senhora Anunnaki da Reencarnação:

Artigo Retirado do Blog: Liberdade Mental

O cristianismo, estabelecido pelo Imperador Constantino, depois de ser instruído por uma família aristocrática, "Os Pisos" – Carlpunius Piso – fundaram a Igreja e escreveram o Novo Testamento, usando personagens da antiga Babilônia e reutilizando-os na nova religião - "O Cristianismo". Os Pisos eram estóicos e sabiam que as pessoas eram motivadas e controladas através do uso de "Medo e de Esperança" (curiosamente os mesmos métodos da fraternidade babilônica).


Em 553 d.C. a reencarnação foi declarada ilegal no segundo Sínodo (concílio) de Constantinopla, sob a influencia do Imperador Justiniano. O concílio decidiu, sem a presença do Papa, que: "se alguém declarar a fabulosa preexistência das almas e submeter-se à monstruosa doutrina que acompanha isso, que seja excomungado". Nitidamente uma estratégia política da igreja, pois uma aceitação da reencarnação retiraria o poder do "céu"e do "inferno" imposto para amedrontar as pessoas a agirem dentro da doutrina cristã.

Com o passar do tempo, certas crenças estabelecidas pela igreja começaram a ser contestadas por uma nova forma de ver o mundo, - "A Ciência". Logo essa mesma Fraternidade precisaria de mais "recursos" e alternativas para continuar manipulando e assim, não perder o controle. Então, além da ciência, nasceu também o Espiritismo com Allan Kardec, o codificador de mais uma doutrina. Essa ao contrario da igreja, defendia a reencarnação com base em experimentos, observações e comunicações com entidades já desencarnadas. Baseou-se fundamentalmente nas respostas dos chamados "espíritos evoluídos". É importante ressaltar aqui que Kardec antes de se dedicar a essa "codificação", foi Maçom por muitos anos. Estudou Martinismo e Carbonarismo.

Curiosamente os fundadores da "Royal Society" (Sociedade Real) eram Maçons. O pai da "Royal Society", Francis Bacon, ou seja, o criador da "ciência moderna", foi o principal tradutor da Bíblia, um Rosacruz e um arquiteto da maçonaria. Outro dentre esses partidários da Royal Society era o grande Isaac Neewton, sim ele mesmo - membro desde 1672, era um Rosacruz grande mestre do Priorado de Sião.

Outros antigos partidários da Royal Society que podemos citar são: Lorde Moray, um maçom escocês. Elias Ashmole, um dos primeiros maçons registrados. Andrew Michael Chevalier Ramsey, um luminar principal da maçonaria que foi admitido na Royal Society sem quaisquer qualificações científicas de qualquer tipo. Byrom, um maçom e membro do Cabala Club (Clube da Cabala), também conhecido como o Sun Club (Clube do Sol). A Royal Society foi, e ainda é mais do que um "agrupamento de cientistas". No seu núcleo ela é uma Sociedade Secreta controlada, ou melhor criada pela Fraternidade para limitar a visão e amplitude do entendimento científico e espiritual.


Pergunta 132 do Livro dos Espíritos:

* Qual é o objetivo da encarnação dos Espíritos?

A Lei de Deus lhes impõe a encarnação com o objetivo de fazê-los chegar à perfeição. Para uns é uma expiação; para outros é uma missão. Mas, para chegar a essa perfeição, devem sofrer todas as tribulações da existência corporal: é a expiação. A encarnação tem também um outro objetivo: dar ao Espírito condições de cumprir sua parte na obra da criação. Para realizá-la é que, em cada mundo, toma um corpo em harmonia com a matéria essencial desse mundo para executar aí, sob esse ponto de vista, as determinações de Deus, de modo que, concorrendo para a obra geral, ele próprio se adianta.

Obs: Perceba: "A Lei de Deus lhes impõe a encarnação...". Se você realmente acredita que tem que haver alguma LEI que IMPONHA algo a você, sinto muito, mas você não tem a menor noção do que é Liberdade e Livre-arbítrio.

Bom, de acordo ao texto que já postei no blog - Reencarnação – Ciclo Anunnaki, Eu comento sobre o "bloqueio" dos 44 Códons de nosso DNA, ou seja, usamos apenas 20. - Veja o que diz o Projeto Genoma.

Como mencionei no texto, um dos motivos desse bloqueio é de impossibilitar que você se lembre de seu retorno à 4D após seu último desencarne, pois assim ELES se certificam que você reencarne sendo novamente "programado" com as crenças do Sistema que ELES também controlam – "Matrix". Logicamente, se você não possui uma lembrança que anteceda seu nascimento, você é comparado a um HD formatado, ou seja, cérebro novo = mente nova - HD formatado prontinho pra receber o mesmo sistema operacional e continuar plugado na mesma "rede corporativa" DELES.

No texto Nexus (recomendo a leitura) há alguns conselhos sugeridos, e um deles em especial refere-se a essa questão:

Conselho 6: Em "certas circunstâncias", deixei o corpo físico antes do feixe ter chegado? E agora? Nesse momento, o espaço astral deste planeta não é seguro, se é que posso dizer isso, e muitos seres não podem deixá-lo com segurança.
Há uma grande chance (temos que estar abertos a todas as possibilidades) de que a maioria da população, depois de deixar o corpo físico com os próximos eventos, irá diretamente para a dimensão astral. O ajuste da consciência tem de ser feito o mais rapidamente possível.

Eu não recomendo entrar em túneis escuros com luz no final. Esta poderia ser uma manipulação mais fácil das entidades multidimensionais que não são amigáveis a nós. Se você não tiver certeza, não seja "amigável" com as entidades antes de os raios do centro da galáxia chegarem.

Existe a possibilidade de que, no plano astral, imensas naves serão estacionadas, com um plano para usar sua avançada tecnologia para interceptar quantas consciências puderem, mesmo as consciências que estavam em corpos humanos e, depois de cortar a sua consciência, colocá-las na consciência de sonho para que elas não saibam o que está acontecendo (acredito que eles têm a tecnologia e as habilidades para fazer isso) e depois colocá-las dentro de containers energéticos, transportá-las para outros sistemas.
Finalmente, podem colocá-las em outros corpos de forma que a manipulação e a explicação do campo de energia gerado chamado aura - que é um resultado da fusão da nossa consciência com as energias do espaço envolvente - possa continuar.

Tente ficar acordado no plano astral e evitar túneis, vórtices, etc no plano astral. Resista a qualquer pressão exterior de alguém para entrar em nave, portal, etc para aguardar a Nexus chegar.

Se você ficar, enquanto na dimensão astral, você logo se acostuma a esta nova densidade, e se isso acontecer, não espere, mas deixe este planeta e vá diretamente em direção ao centro da galáxia. No momento em que um dos feixes de Nexus o toca, você está seguro!

Agora, como na resposta da pergunta 132 do Livro dos Espíritos: "A Lei de Deus lhes impõe a encarnação...". Percebemos que, eu diria a GRANDE maioria reencarna na Terra segundo uma manipulação reencarnatória. Mas quem poderia estar administrando esse Ciclo 3D/4D ???

Pra isso é preciso juntar muitos pontos de uma mesma personagem. Esse "Empreendimento Anunnaki" nos mostra que somos mantidos como cultura, recurso, uma propriedade ou mais explicitamente como um Produto.

A personagem administradora desse Ciclo nos deu muitas pistas de seu papel dentro desse empreendimento. Até porque, ela é nossa "MÃE".

Vamos rever alguns nomes dessa mesma entidade ao longo de nossa história:


Nammu ou Namma: A deusa primordial de todos os deuses e deusas, do céu e da Terra. Seu nome significa: "mar primordial", a deusa do mar doce.

Ninhursag: Progenitora da maioria dos deuses. Como esposa de Enki era geralmente chamada de "Damgalnuna" ou "Damkina" (mãe de Marduk). É identificada como "verdadeira e grande senhora dos céus".

Ereshkigal: Seu nome significa "Senhora da Grande Habitação Inferior" ou ainda "Senhora dos Vastos Caminhos". É uma dos grandes deuses Anunnaki, a quem Anu delegou o dever de ser a juíza das almas dos mortos. Ela é quem julga os casos dos homens e mesmo dos deuses.

Inanna: A deusa que desceu ao inferno e resgatou Dumizi dos mortos. Ninmah - Grande Rainha.

Nintu - Senhora do nascimento. Auxiliou Enki na criação da raça humana.

Mama ou "Mami" - Mãe Parteira dos deuses. Aruru - Irmã de Enlil.

Dingirmah - Mudkesda - Ninbahar - Uriash.

Ninlil: Rainha do mundo dos mortos.

Hator: Deusa celestial, significa: Recinto ou casa de Hórus. É descrita como "Senhora do Ocidente", que recebe os mortos na próxima vida. Numa relação complicada, Hator é por vezes mãe, filha e esposa de Rá e, como Ísis, por vezes é descrita como mãe de Hórus, e associada a Bast.

Ísis ou Ísis-mary - Deusa da maternidade e da fertilidade. Protetora dos mortos e deusa das crianças de quem "todos os começos" surgiram, e foi a Senhora dos eventos mágicos e da natureza. Ísis é retratada segurando a cruz de Ankh, que sibolizava a vida após a morte, ou o símbolo da ressureição/reencarnação.

Freia: A deusa mãe da dinastia de Vanir na mitologia nórdica. Deusa líder das Valquírias - condutora das almas dos mortos em combate. Ela compartilhava os mortos de guerra com Odin. Metade dos homens e todas as mulheres mortos em batalha iriam para seu salão Sessrumnir.

Hécate: "A distante". Enviava aos humanos os terrores noturnos e aparições de fantasmas e espectros. Suas três faces simbolizam a virgem, a mãe e a senhora. simbolizava seu poder sobre o mundo subterrâneo, onde morava, ajudando à deusa Perséfone a julgar os mortos.

Afrodite: Espuma do mar. Gaia: Mãe Terra. Ninzinak - Senhora do embrião. Nindim - Senhora modeladora. Nagarsagak: Carpinteira de interiores. Ninmag: Senhora vulva. Ninsigsig - Senhora do silêncio.

Amadugbad: Mãe que estende os joelhos. Amaududa: Mãe que dá à luz. Sagzudingirenak: Meio-esposa dos deuses. Ninmenna: Senhora do diadema. Ki: Terra.

Ártemis: Deusa da luz da lua e da magia.

Hubur: Serpente com chifres. Lilith: A primeira mulher do Adão bíblico.

Trívia: Deusa das encruzilhadas. Praxidikê - Executora da justiça.

Iemanjá: "Mãe cujos filhos são peixes". Mãe de todas as cabeças humanas.

Réia: Mãe dos deuses. Seu nome significa Fluxo.

Cibele: Mãe dos deuses ou deusa mãe. Tornou-se uma divindade do ciclo de vida-morte-renascimento ligada à ressureição do filho e amante Átis.

Semiramis: "Rainha dos céus". Em acadiano significa pomba (espirito santo).

Deusa mãe: Deidade dos ciclos da fertilidade.

Virgem Maria: Em hebraico significa "contumácia" ou "rebelião". Nome originário do Egito antigo derivado de MRY (amada) ou MR (amor). Assim como Semiramis, Maria não morreu, mas foi levada aos céus.

Veja na oração à Maria: "Ave Maria, cheia de graça ... Rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte – Amén ou Amen-Rá, que é o original.

Perceberam a frase??? Ela é a que roga por nós que somos, "pecadores" (manipulados por eles) agora (3D) e na hora de nossa morte (4D), finalizando com o mantra egípcio "Amen".

Interessante isso não ?!!

Existem muitas outras personagens paralelas com gritantes semelhanças - é claro, pois são a mesma entidade. Se você duvida, por favor, não seja preguiçoso e reativo, LEIA, pesquise, averigue, constate, investigue e analise toda essa informação por você mesmo. Qualquer comentário dogmático e religioso, sinceramente não irá fazer a menor diferença, pois as evidências são inúmeras.

Lembre-se: Religião e Dógmas são Crenças/PROGRAMAS ... desprograme-se e crie seu próprio programa. Não seja uma cópia!

Essa Reencarnação imposta e manipulada gerou a idéia de Karma que é equivalente a "LEI" – Ação e Reação. Porém nossas ações estão sendo manipuladas e assim, as reações serão também controladas. Resumindo, Karma é uma idéia manipulada!!! Todo conceito religioso é sempre usado pelos mesmos manipuladores, e a maioria cai quem nem “patinho”. Trocariamos a idéia atribuída a Karma, e usariamos um termo mais apropriado como: Memória ou Fonte de informação que incluem elementos positivos ou negativos, o qual o subconsciente busca os dados que utitiza no presente. Ainda que essa Memória subconsciente se reflita em nossa fisionomia influenciando em nossos pensamentos, reações e decisões, SEMPRE podemos recorrer ao Livre-arbítrio para orientar nossas vidas (tanto na 3D como na 4D).

Pra mim, o processo evolutivo é com base no amor, e não no castigo. Evoluímos com base na liberdade do Ser e não na repressão, imposição ou na coação ... e menos ainda na ENGANAÇÃO!

Nós somos consciências multidimensionais infinitas, encarnados em um corpo físico, por um período de intensa experiência na "estrada" da evolução. Porém, desde a última intervenção genética de nossa espécie, estamos sendo monitorados, controlados e manipulados tanto encarnados como desencarnados. Isso se torna evidente depois que ELES puderam manipular nosso código genético. É óbvio que também poderiam "administrar" um ciclo reencarnatório.

Nós não morremos, simplesmente porque não podemos morrer. Energia é consciência e energia não pode ser destruída, somente transformada em uma outra forma de expressão de si mesma. Quando se percebe que você não é seu corpo físico, mas sim a consciência eterna e infinita dando vida para este corpo, sua visão de si mesmo e seu potencial é expandido além da medida e além da matéria.



Leitura complementar:

http://www.bibliotecapleyades.net/esp_cayce_1f.htm

http://bloglaurabotelho.blogspot.com/2010/06/plano-basico-de-sobrevivencia-mantenha.html

2 comentários:

Anônimo disse...

Uma dúvida que eu tenho que me faz duvidar um pouco que existe alma é que a 100 anos atrás o mundo tinha 1 bilhão de pessoas e agora tem 7 bilhões, da onde vem tanta alma?
Será que se todas as mulheres do mundo resolvessem ter filhos sem parar e a população pulasse de 7 para 70 bilhões chegaria um ponto que os bebes nasceriam sem alma e portanto mortos?
Ou Deus iria criar almas para abastecer esses corpos?
Todo dia nascem e morrem milhares de humanos e imaginar que cada alma que nasce já encarnou na terra e viveu vidas passadas não faz sentido pois não caberia tanta alma no mundo, teria que ter mais pessoas no passado do que atualmente o que nunca aconteceu na história, e se este fosse o caso neste exato momento teriam bilhões de almas esperando para encarnar na terra.

Quando você começa a pensar na logística da reencarnação a coisa toda não faz sentido!

Você tem alguma explicação boa e lógica para a logística da reencarnação? Ou já parou para pensar no assunto?

Eu sei que existem evidências que a alma existe realmente como lembranças de vidas passadas, comunicação com mortos, viagem astral, mas isso não explica a quantidade de almas encarnando.

GabrieL disse...

Olá, acompanho sempre seus posts, admiro seu trabalho, mas sinceramente esse post ficou um pouco distorcido pra mim. Sou espírita e estudo espiritismo há muitos anos e na parte do "impor" é questão de interpretação. Somos obrigados a reencarnar sim, é o unico modo de evoluir! Mas se você não quer reencarnar, não o fará, mas chegará um momento q para não perder o corpo perispiritual é necessaria a reencarnação, para q a "forma-espirito" não se deforme.
http://www.espirito.org.br/portal/doutrina/kardec/allan-kardec-macom.html
Quanto a Kardec ser maçon, isso nunca foi provado, diferente de outros maçons ele não tem registro em nenhuma loja. É possivel q tenha sido. Mas na doutrina espirita isso pouco influenciou, já q não temos rituais, exigencia de roupa, hierarquia. Não qreo afirmar q o Espiritismo esteja imune a Maçons e Illuminati, assim como eles estão espalhados por todos os outros segmentos religiosos, também tem maçons no espiritismo.
Gostaria de ter um contato pra poder trocar uma ideia com o autor, e também se estiver interessado em saber sobre toda a conspiração na visão espirita...
Obrigado pela atençao.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...