domingo, 29 de maio de 2011

Nossa gênesis e o hexagrama

Créditos ao blog Liberdade Mental

O Velho Testamento é um exemplo clássico de reciclagem religiosa que gerou a base de crença todas as religiões no mundo.

Em Gênesis 1: 26. "E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança". Interpretando essa frase, podemos entender que: O verbo "Façamos" está no PLURAL, então podemos concluir que esse tal "deus" não estava sozinho.

Gênesis 2:16;17;18. "E ordenou o senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás. E disse o senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele". – E "fez" então, EVA.

O engraçado aqui é a contradição, pois antes disso, em Genesis 1:28 - ("E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra"), "deus" já tinha feito Adão, mas Eva ainda não. Então com quem ele iria "Frutificar e multiplicar"???

Perceba que há contradições intercaladas na bíblia que são pouco ou nunca contestadas. Os livros Gênesis e Êxodo foram escritos por uma classe sacerdotal hebraica conhecida como "Levitas" por volta de 586 a.C. Os Levitas foram remanescentes de uma "casta" de sacerdotes do Egito antigo. Esses mesmos sacerdotes foram os "iniciados" dos ensinamentos dos "deuses" do Egito antigo (posterior Escolas de Mistérios). Eles conheciam sobre os registros da civilização Suméria e a partir daí, usaram esse conhecimento para COMPILAR a Gênesis e o Êxodo.

A palavra Gênesis, por exemplo, é a junção de GEN ou GENES de genética com a palavra ISIS, a deusa Isis da sabedoria no Egito antigo.

Gênesis 2: 22. "E da costela que o senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão".

TETO DA CAPELA SIXTINA 1508 - 1512
A CRIAÇÃO DE ADÃO (1511) Na abóbada da Capela Sixtina, Miguel Ángel pintou nove cenas da Gênesis, das quais a mais famosa é A CRIAÇÃO DE ADÃO. Nela o cansado corpo de Adão já a ser animado pelo espírito de Deus mediante o suave toque da ponta de seus dedos. Esta impactante imagem pode ter sido sugerida pelo hino em Latín VENI CREATOR SPIRITUS, no qual Deus restaura a força e a coragem à carne debilitada com um toque de seu dedo.

A versão original do livro Gênesis está descrita nos cilindros Sumérios, por isso "deus" está no plural na bíblia e há tantas contradições. No Gênesis diz que "deus" criou o homem do "barro", porém na tradução dos cilindros Sumérios, Zecharia Sitchin diz que a palavra provém do termo "TI.IT" que na língua suméria, significa: "Aquilo que tem vida". Ou seja, CÉLULAS. O termo "TI" em sumério tem 2 significados: serve tanto para "costela" como para "vida". Portanto EVA que significa: "ela que tem vida", foi criada não da costela de Adão, mas das Células dele.

Em Genesis 2:3. "E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera". – Engraçado que "deus" também se cansa ... tá explicado!

"ENKI, após trabalhar duro na construção de Eridú que em Sumério significa "Lar distante", passou a descansar no sétimo dia". Uma "leve" semelhança né?!!


Bom, o que chama a atenção é que pela historia dos cilindros Sumérios, nós sabemos que ENKI, meio irmão de ENLIL, gerou o homem através de uma hibridização, um experimento genético e assim criou um ser à sua semelhança. Até aqui, entendemos que ENKI é o geneticista criador da raça humana e, portanto ele receberia o "titulo" bíblico de "deus". Porém, ENKI é retratado como a "Serpente" que enganou EVA incitando-a a comer do "fruto proibido". Se ENKI aqui é a Serpente enganadora, deus só poderia ser ENLIL, o senhor do comando, segundo nos conta os cilindros Sumérios.

Gênesis 3:5. "Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal".

É bem notório que a "arvore" do fruto do "pecado" não era mais do que uma alegoria para o CONHECIMENTO ou O fruto do conhecimento. Mas, ENLIL era contra passar o conhecimento aos recém criados LU.LUS como nos chamavam na língua Suméria, que significa: "O que foi misturado". A palavra "LU" em sumeriano, quer dizer "trabalhador ou SERVO" – servos de "deus". Esse termo também era usado para indicar "animais domésticos".

ENKI então passou a ser retratado como sendo uma alegoria pagã ao longo de nossa história fundindo-se a veneração aos Astros. Por isso a bíblia é um conto Astroteológico.

ENKI ganhou muitos nomes. Entre tantos, no Egito antigo foi PTAH (pai). Foi também SHAYTAN dos Yazidi e dos arabes, e do Islão. Foi também o deus da traição Seth do Egito. Foi o enganador e adversário conhecido como Satanás da tradição judaico-cristã. Ele foi o chamado OPOSITOR a "deus", ou seja a ENLIL, portanto ENKI era Lucifer, o portador da "LUZ". E porque da LUZ? Pois porque ele foi quem "tentou" Eva no paraíso a saber, conhecer e a aprender que ela também era um "deus" em potencial. LUZ = ESCLARECIDO.

É claro que a igreja o acusaria de caluniador e opositor a "deus", e criaria sua versão mais atualizada e antropomorfizada pela Era do "Carneiro" com os chifres do Diabo, pois onde já se viu ?!... Se a humanidade se tornasse sábia e conhecedora de sua verdadeira essência, quem os controlaria??? Esse conhecimento, foi sendo passado e foi por esse conhecimento que surgiu o chamado "Ocultismo", cujo os segredos pertencem aos altos graus das "Sociedades Secretas". Não é por acaso que muitos dizem que os "Illuminatis" são Satanistas. É claro, possuem um conhecimento que você não possui. SATANÁS não passa de uma alegoria de um personagem ou arquétipo histórico que é ao mesmo tempo "deus" e o "diabo" = ENKI.

Agora, pense: ENLIL nunca quis que soubessemos sobre nossa natureza. Os altos sacerdotes que ministram a Igreja nunca quiseram que soubessemos sobre nossa realidade. Os altos graus das Sociedades Secretas nunca quiseram que soubessemos sobre nossa natureza. Nos restou então, o idolatrismo pagão e a ignorância do apego ao materialismo que nos divide e nos corrompe a cada dia, nos aprofundando cada vez mais num buraco escuro e desesperador.

Dizem que o Hexagrama é o símbolo mais "perigoso" e malígno que há. Eu digo que isso é BESTEIRA!!! O fato de não conhecermos algo, nos imputa medo - "O homem teme aquilo que não conhece". - Conhecimento é PODER!

O Hexagrama é um símbolo que retrata TODA a natureza do Universo. Uma natureza FRACTAL (assim como o Pentagrama) e o triângulo para cima e outro para baixo, indica que: "Assim como é acima, é também abaixo - Assim na Terra como no céu, ou nos CÉUS que é o mais correto".

A palavra Hexagrama em grego significa 6 caracteres: (Hex = seis; grama = linha ou caracter). Ele é representado em muitas culturas como o cubo de Metraton da Cabala. Faz alusão ao 666 bíblico por 6 pontas, 6 lados e 6 triângulos. Tem uma representação no I Ching: As 6 linhas do Yin Yang. Os 64 hexagramas podem também ser considerados combinações entre os oito trigramas básicos. O número 64 tem relação com nossos 64 Códons. Ele também é muitio conhecido como a Estrela de David. O hexagrama é também o símbolo do elemento AR que faz referencia a ENLIL. Também representa o planeta Saturno para o Judeus, onde as alianças de casamento eram originalmente usadas nos Rituais do Anel que simbolizava os Anéis de Saturno e até hoje, seu dia sagrado é Sábado - (Saturn Day).



Parte 1 - Hexagrama


Parte 2 - Hexagrama


Abração!

Matemática de Marko Rodin

Créditos ao blog Liberdade Mental


"Em cada época há um ponto de viragem, uma nova maneira de ver e afirmar a coerência do mundo". - Jacob Bronkowski.


Marko Rodin é um matematico (Gênio!) que descobriu uma série de Regularidades no sistema de numeração decimal e que até agora não foram documentados pela matemática e a ciência convencional. Muitos cientistas, pensadores, programadores e matemáticos têm testado e validado a teoria dessa matemática revolucionária conhecida como “Solução de Rodin” e sua “Bobina de Rodin”.

Primeiro vamos nos familiarizar com figura de um Toro ou Toróide.

Toro ou Toróide - é um espaço topológico homeomorfo ao produto de dois círculos. Apresenta o formato aproximado de uma camera de ar de um pneu.

Rodin conseguiu decifrar a matemática perfeita que consiste em uma geometria toroidal e veremos que essa geometria se aplica em todo o Universo. Essa Teoria foi projetada como um esquema matemático que explica a geometria subjacente do Universo. Rodin conseguiu enxergar e demonstrar que a energia do Universo está em infinita contração e descontração, criando e recriando desde o nível quântico até níveis de Sistemas Solares e Galaxias, exatamente como um modelo fractal em que alguns nomes como o físico quântico e pesquisador Nassin Haramein (outro Gênio!) e outros já vêm divulgando.
Essa Geometria de vórtex ou vórtice mostra um escoamento giratório onde as linhas de corrente apresentam um padrão circular ou espiral. São movimentos espirais ao redor de um centro de rotação e vemos isso o tempo todo na natureza. Isso descreve mais uma vez que o Tempo não é linear, e sim ciclíco.

Quero tentar comentar aqui sua matemática simples que é simplesmente fantástica.

A intenção principal desta Teoria é de delinear visualmente uma maneira de entender os fundamentos da matemática vorticial de Rodin e estabelecer os axiomas auto-evidentes do sistema numérico decimal.
Nessa nova visão, os números são "REAIS" na medida em que não são apenas representações de outras coisas, mas têm características de propriedade fundamental da sua própria. Eles expressam junto com a geometria espacial dinâmica cronológica, espaço e tempo. (Números tem temporal e volumétricamente qualidades espaciais e simetriamente isso é um princípio da natureza do nosso sistema decimal).
Esta Teoria emprega continuamente a chamada "Paridade Decimal" em que vários algarismos são somados para revelar sua base de digitos.

Exemplo: 164 = 1+6+4 = 11 = 1+1 = 2 Portanto, 164 = 2

A justificativa desta situação é que ela revela a ressonância harmônica ou as relações numéricas, mas o importante são os harmônicos e os padrões. Para reconhecer os padrões perceba as conexões e conseguirá ver a lógica.
O número 9 é foco principal aqui. Ele é considerado o "deus", uma vez que usamos apenas 9 digitos e podemos compor combinações numéricas infinitamente. O Zero não tem valor, portanto não é incluído, pois o zero retrata o NADA e NADA não existe. Significa apenas a descrição da falta de algo, por exemplo: A falta de luz (escuridão), falta de ordem, falta de energia ou falta de consciência.

9 é TUDO e ZERO é NADA, portanto ambos ocupam o mesmo espaço de controle.
Se você divide 1 por 3 = 0,333 e o contrário 3 por 1= 3.

Agora substitua o 1 por 9, você terá 3 dividido por 9 = 0,333 também. Assim, 9 é o TODO e ZERO é o "Buraco ou o NADA".
Poderiamos simplesmente contar assim: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 [zero] retornamos ao 1 2 3 4 5 6 7 8 9...infinitamente. Ou seja, quando você tem 10, você tem 1, pois o zero não existe, certo?! Então, sendo assim, temos 9 = 0 assim como 0 = 9. Isto pode até parecer meio ortodoxo, porém essa é a realidade dos números, ok?!
Essa forma nos mostra que podemos trabalhar com os números de maneira infinita usando uma "Renormalização", e assim o 9 sempre estará acima dos demais.

Os números 1 e 9 são definidos no sentido horário em torno de um círculo. Veja que nesse circulo, depois do 9 vem o 1 seguindo um padrão de paridade decimal. Notamos também que 3 + 6 = 9 estão fora do padrão.
Agora observe que existem dois diferentes conjuntos de linhas, poderíamos chamá-los de "trilhos" ou pistas em que devem ser seguidas.
Exemplo: 3+3 = 6, logo 6+6 = 12 que é = 1+2 = 3

12 +12 = 24 que é = 2+4 = 6, 24+24 = 48, logo, 4+8 = 12 que é 1+2 = 3, 48+48 = 96 que é 15 que é 1+5 = 6 etc, etc...
Curiosamente vemos a mesma figura trângular nas mãos direita e esquerda juntas. Coloquei isto de propósito e você entenderá o porque até o final da leitura...

O primeiro padrão é assim: 1 - 2 - 4 - 8 - 7 - 5 e depois voltar para 1. Esta é uma escala. Sem a paridade decimal você pode ver que 32 é 5 e, em seguida, volta ao 64. Então, 64 é uma escala de "duplicação". (Nassim Haramein descobriu que uma rede de 64 Tetraedros define uma escala da geometria do espaço). Repare que estamos dobrando e comprimindo para um único dígito.
A importância da duplicação é essêncial, porque a "Mitose Celular" funciona dessa forma, pois é o padrão numérico que a Natureza utiliza para crescer. Nós somos, em última análise, literalmente Energia moldada que se move, forma e se expressa em toda a nossa realidade.
O contrário de duplicar é reduzir pela metade. Assim temos: 1-5-7-8-4-2 e volta para 1. Também é evidente que esse movimento desenha um símbolo do infinito, e se você separar o 9 dos outros números, você terá 8 e 8x8 = 64 que é uma escala de duplicação do circuito.
1+1 = 2, 2+2 = 4, 4+4 = 8,

8+8 = 16, 16+16 = 32, 32+32 = 64

Seria apenas coincidência que o 8 deitado seja o símbolo do infinito? Isso nos mostra a perfeita ordem harmônica fora da percepção caótica, que é uma das lições que estes padrões de números nos ensina. Para vermos os padrões, temos que "expandir a consciência".

Note que o 3-6 e 9 nunca são tocados e devem ser “pensados” de forma Linear. Estão literalmente "escondidos". O padrão do movimento é assim: 3,9,6,6,9,3,3 ... O resto dos números gira continuamente em torno de uma espiral.

Na Geometria há apenas dois tipos de Linhas: Reta e Curva. O 3-6-9 são a Reta e os demais são a Curva. Seria exatamente como nos mostra o símbolo do Caduceu.
Raiz de 9 = 3, Rodin chama de “Terceira via Binária”. O circulo completo tem 360 Graus. Nosso espaço é dividido em 3 Dimensões (Altura – Largura – Profundidade). Ou seja, trabalhamos numericamente nesse padrão (3). Veja o exemplo na figura ao lado um terço do diâmetro do círculo em verde.

Uma parte extremamente importante dessa Matemática Vorticial são os "números de grupos familiares" que são números separados por 3, começando com 1 soma com 3 = 4, logo some 4 com 3 = 7, logo some 7 com 3 = 10 ou 1. Se começamos com 2, veja as contas: 2+3 = 5, logo 5+3= 8. Você segue o mesmo padrão de 3. Temos 2-5-8, logo nos resta o 3-6-9 sempre separados por Três movimentos.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 - Estes são os números inteiros.

Abaixo os três grupos dos “números de grupos familiares
147
258
369
Observe que há um total de 3 grupos, e que eles são definidos por separações de 3.
Desses 3 grupos, um se destaca dos demais, 3, 6 e 9. 9 é o dígito "MESTRE". 3 e 6 são os seus opostos polares que se movem em direções opostas.
1 2 3
4 5 6
7 8 9
(3x3 = 9)
(√ 9 = 3)
Essa grade de 3x3 também é importante na medida em que define um “ponto central”. Esse ponto central precisa de igualdade em todas as direções. A Esfera é a figura 3D mais equilibrada possível que existe. Num é a toa que a Natureza usa essa forma em todas as escalas desde um Átomo até um Planeta.
Observe o eixo vertical central, onde os números se encontram horizontalmente emparelhados, enquanto o 9 é a “Espinha Dorsal”. Isto é evidente em qualquer multiplicação de 9.
2x9 = 18 = 1+8 = 9

3x9 = 27 = 2+7 = 9
4x9 = 36 = 3+6 = 9, etc...
NOVE é sempre auto-similar e linear e os demais são os “espelhos ou imagens” 1 e 8, 2 e 7, 3 e 6 e 4 e 5.


Os números 3 e 6 formam o grupo separado que dá um significado dessa expressão dos terços, que permeia toda essa Matemática em toda parte.

Veja o porque que o 9 é "soberano" perante os demais.

9x1= 9
9x2= 18, 1+8= 9

9x3= 27, 2+7= 9
9x4= 36, 3+6= 9
9x5= 45, 4+5= 9
9x6= 54, 5+4= 9
9x7= 63, 6+3= 9
9x8= 72, 7+2= 9
9x9= 81, 8+1= 9

A imagem ao lado mostra a multiplicação de paridade decimal de cada número do circuito de duplicação onde todos os números são espelho uns dos outros e se movem em direção oposta.


Por exemplo: 1x4 = 4, 2x4 = 8, 3x4 = 12 = 3, 4x4 = 16 = 7, 5x4 = 20 = 2, 6x4 = 24 = 6, 7x4 = 28 = 10 = 1, 8x4 = 32 = 5, 9x4 = 36 = 9.
Observe as seqüências infinitas que são sempre opostas umas das outras. Veja: 5,1,6,2,7,3,8,4,9 = 1x5 = 5, 2x5 = 10 = 1, 3x5 = 15 = 6 etc, etc ...infinitamente... O que vemos é uma “Super Simetria” em que o número 9 sendo o “Eixo”, obtemos uma simetria Bilateral perfeita.


Na figura a esquerda podemos ver as interações que giram criando um novo controle, porém mantendo as mesmas propriedades da simetria do circuito de duplicação.
1,3,5,7,9,2,4,6,8

Observe que os “números de grupos familiares” são novamente todos separados por importantes terços e que o “3,9,6” está invertido em 180 graus. Além disso, você pode contar em múltiplos de dois e ir ligando os números no circulo: 1+2 = 3 - 3+2 = 5 - 5+2 = 7, etc...


Se repetirmos o processo mais uma vez ficamos com; 4,8,3,7,2,6,1,5,9


Note que ainda estão separados por terços. Os 3,6 e 9 já voltaram para a mesma orientação (foram girados 360 graus) e agora você pode contar em múltiplos de "4", veja: 4+4 = 8, 8+4 = 12 = 3, 3+4 = 7 etc.. etc..

Se você repetir isso uma terceira vez, vecê obtém: 4,3,2,1,9,8,7,6,5. Você pode ver o que aconteceu? Consegue ver a Perfeição? Olhe sempre para a Simetria dos terços. Este material se aplica muito bem em todos os assuntos ou qualquer coisa que tenha Energia. Esta é a maneira que a Energia se desloca na Natureza. A natureza da água, a natureza dos elétrons, a natureza do magnetismo e etc... É por isso que tudo gira.


Agora veja o que "Curiosamente" o nosso querido "NOVE" significa para alguns...

Na Numerologia = Inspiração

Na Maçonaria = é o princípio da Luz Divina, Criadora, que ilumina todo pensamento, todo desejo e toda obra, exprime externamente a Obra de Deus que mora em cada homem, para descansar depois de concluir sua Obra. O homem novenário que pelo triplo do ternário, é a união do absoluto com o relativo, do abstrato com o concreto:. O número nove, no simbolismo maçônico, desempenha um papel variado e importante com significados aplicados na sua forma ritualística:. O número 9, é o número dos Iniciados e dos Profetas.

Um Filme recomendado é o de Tim Burton (2007) = “Os Noves” ou “The Nines”.


AGORA olhem só uma outra coisa BEM curiosa na imagem abaixo onde comparei duas figuras.
Bem, você pode entender melhor agora aquele triângulo feito com as mãos na imagem mais acima né...?!

Dá o que pensar não dá...???
No próximo Post, abordarei mais a fundo sobre isso...


Deixarei agora o primeiro dos vídeos do Marko Rodin. O antigo link tinha legendas em espanhol, mas o retiraram. Usei esse outro que está em inglês, mas dá pra ativar a legenda em português no "CC" ou na setinha pra cima e clique nas 2 listras.

Abraço no coração!!!







Vídeo onde Nassin Haramein e Marko Rodin dividem as teorias do Vortex.

1ro Universo TAO Nassim Haramein y Marko Rodin 2de4

Parte 3
http://www.youtube.com/watch?v=HlXZ7lzxNBE&feature=related

UniversoTAO Matriz de la LUZ y de la VIDA 1de5

Os Símbolos do Universo

Créditos do blog Liberdade Mental

Segundo o livro Gênesis da Bíblia, o "mundo" foi feito em 6 dias e no "sétimo", "deus" descansou. Percebemos então, uma relação desses 6 dias com a Geometria do Hexagrama (Hex = 6; grama = caracteres).

A Matemática se expressa não apenas através dos números, mas através da GEOMETRIA. Toda simbologia do "ocultismo" é baseada na GEOMETRIA SAGRADA. E porque é chamada de "Geometria Sagrada"??? Por que ela é FRACTAL e a Fractalidade é o padrão da criação de TUDO o que existe. (veja Fibonacci ; Sequência de Fibonacci e a Proporção Áurea).

A FRACTALIDADE está em TODA a natureza e em todo o Universo. A "Flor da Vida" é a forma geométrica de expressar tridimensionalmente essa Fractalidade. Os números são Símbolos, e os símbolos representam, ou expressam uma IDÉIA ou CONCEITO. Quando pensamos, estamos expressando nossa consciência, mas só podemos expressá-la no Tridimensional se "transferirmos" essa idéia ou conceito para um meio físico. Por exemplo: Letras que formam palavras, que formam frases e expressam um pensamento. A matemática usa os números, que são símbolos, que expressam uma idéia. A geometria pode ser expressa matematicamente em suas medições, que geram as equações que for fim, sempre chega a um resultado satisfatório. Resumindo: A Simbologia é um meio de comunicação que podemos perceber com nossos 5 sentidos.


Perceba que a Idéia e/ou Conceito são produtos do Pensamento que é a expressão da Consciência. Nenhum deles é "Matéria", mas podemos materializá-los/densificá-los. O que estou dizendo é que a forma que usamos para transferir uma Idéia ou Conceito para nossa "Realidade" tridimensional é usando os SÍMBOLOS.

Os números: 1,2,3,4,5,6,7,8,9,0 nos dá a referencia matemática básica. A Geometria é a expressão tridimensional da matemática. Assim, podemos visualizar uma idéia materializada através da geometria. Por isso se diz que a Matemática é uma língua universal.

Bom, se saber é poder, entender é transformar o que há, então aos que pensavam que o hexagrama ou o pentagrama eram símbolos "satânicos", acertaram, mas temos que entender o contexto. O que é satânico provêm de Satã, e nós sabemos que tal arquétipo histórico faz referencia a ENKI, um dos Anunnakis. E não tem nada a ver com um símbolo "malígno", ou seja, é apenas um símbolo. Lembre-se, "Bem e Mal" são apenas aspéctos de uma perspectiva positiva ou negativa dependendo do conhecimento (cultura) que se tem.

Sabemos que os Anunnakis possuíam e ainda possuem conhecimentos avançados, e sabemos que esse conhecimento foi passado através dos seus "iniciados" ou seus escolhidos através de sua "casta". A disseminação desse conhecimento se tornou responsabilidade dos que o "ostentava". Os mantidos na ignorância de tal conhecimento ficaram a mercê dos que possuíam e ainda possuem tal conhecimento. Se conhecimento é poder, então a falta de conhecimento é "fraqueza". Sendo assim, manipular se torna fácil, e criar "conceitos" dentro de uma sociedade devastada pelo medo lhes dá a possibilidade de controlar. Deram-nos os conceitos religiosos como dogmas. Deram-nos um mundo sistêmico que nos entorpece, nos divide e nos corrompe. Distorceram tudo e literalmente nos "cegaram"!!! A pergunta que muitos devem estar se fazendo é: "Esse conhecimento não deveria torná-los sábios"??? Sim, mas o Livre-arbítrio nos faz escolher. Qualquer um pode ter acesso a um conhecimento, mas ser sábio não está em "possuir" a informação, mas sim em O QUE FAZER com tal informação. Eles escolheram de acordo com o que lhes era conveniente Trata-se sempre de ESCOLHAS, e todos estamos SEMPRE tomando decisões. Se você decidir não fazer nada, também é uma escolha, ou seja, Livre-arbítrio sempre.

O termo "Maçonaria" provém do francês "Maçonnerie", que significa: "Construção". Maçom/Mason quer dizer "Pedreiro ou Associação de Pedreiros", em alemão "Metz" que significa "Cortador de Pedra".

Em escrituras esotéricas/maçônicas: Disse "Salomão" durante a construção do templo de Jerusalém: "O homem deve ser como a pedra polida (o cubo) que surge como uma pedra bruta, irregular, multi-angulada, instável, e que ao ser lapidada revela toda a beleza contida que existe em todas as coisas da natureza. O ser, enquanto não for também lapidado não será aceito no Castelo da Perfeição".

Nas mesmas escrituras, disse também: "O homem é como uma pedra bruta, cheio de irregularidades, asperezas, imperfeições. Assim como o talhador lapida e transforma a pedra bruta tornando-a polida, assim também a pessoa deve lapidar-se, tirar de si inúmeras arestas irregulares deixando apenas aquelas arestas necessárias a lhe dar uma forma regular e perfeita. Polir a pedra bruta, desbastar todas as arestas imprecisas, para poder ser simbolizado por uma forma geométrica regular em seus múltiplos aspectos, a pedra cúbica".

Esse texto é nitidamente uma mensagem que se refere metafisicamente à Geometria Sagrada. Quer dizer que o homem que aprende, deixando de ser ignorante, passa a entender a natureza do Universo e passa a conhecer sua própria essência. Assim a "pedra bruta", não lapidada, sem forma geométrica, ao ser lapidada, ganha forma geométrica e compreende o padrão Fractal do Universo. É uma comparação metafórica refletida na compreensão de si mesmo, que equivale a entender ao Todo. Ou seja, é o mesmo que descreve o hexagrama: "Assim como é abaixo, é acima" – "Assim na Terra como no céu". É pura compreensão da FRACTALIDADE.

O próprio símbolo da maçonaria é um Compasso que aponta pra cima e um Esquadro que aponta pra baixo. Exatamente como uma "Estrela de Davi". A letra "G" ao meio, simboliza a origem da força gravitacional. A Gravidade é sempre gerada pela Singularidade. De uma Galáxia, é o seu núcleo (buraco negro), assim como para o Sistema das Pleiades, é o Sol chamado "Alcione". Assim como o nosso Sol é o responsável pela gravitação dos planetas ao seu redor, assim como o "Núcleo Atômico" gera a gravidade de seus Elétrons. Mais uma amostra de Fractalidade.



Bom, quero deixar esse vídeo FANTÁSTICO que apesar de estar em inglês, tem muitas imagens que transmitem muita informação. Se alguém puder legendar, seria muito bacana. Esse vídeo começa dizendo: "TUDO NO UNIVERSO É GEOMÉTRICO E SEGUE O MESMO PADRÃO".


IMAGENS

Perceba os pontos de cada ponta da "estrela". O centro do corpo do homem desenhado é o centro da esfera que divide o símbolo geométrico exatamente ao meio. Os 19,47 graus que em cada planeta tem um Vulcão que sempre é o mais ativo. O da Terra, é o Kilauea no Havaí.


Abaixo, vemos a Caaba ou Kaaba – O Cubo de Meca ou Mesquita Al-Haram. É considerado o lugar mais "sagrado" do mundo pelo Islamismo. Repare que se trata de um CUBO, assim como o "Cubo de Metraton". É a geometria novamente presente. No interior é guardada a "Pedra Negra" ou Hajar el Aswad. Uma pedra escura, de cerca de 50 centímetros de diâmetro, que é uma das relíquias mais sagradas do islã, e é provavelmente um pedaço de Meteorito. Tal "Pedra" teria sido entregue a Abraão pelo "Anjo Gabriel" (homem forte de deus). Sabemos que os anjos e arcanjos são os mesmos Anunnakis, certo?! Sabemos que o "deus" de Abraão era de fato Javé/Yahweh ou seja, ENLIL. Veja o Cubo, na perspectiva da foto, traça exatamente o desenho do Cubo de Metraton.




Abaixo: O Cubo de Metraton




Percebam a FRACTALIDADE



Veja que esse Padrão está presente em TODA a Natureza. A mesma Proporção Áurea de Fibonacci. Olhe a Expiral que forma a digital de seus dedos. É o mesmo padrão que tem nos giros de seu DNA e o mesmo que tem a formação de uma Galáxia.


Abaixo, uma imagem artistica de nossa Galáxia.


Abaixo, vemos a imagem que retrata a Singularidade da Terra, o Evento Horizonte tão bem explicado pelo genial Nassin Haramein.


Agora deixo uns Posts relacionados para mais informação:

A Matemática de Marko Rodin
http://rmorais76.blogspot.com/2010/06/matematica-de-marko-rodin.html

O Crop Circle que desconcertou a todos os cientistas do mundo
http://rmorais76.blogspot.com/2010/06/o-crop-circle-que-desconcertou-todos-os.html

Fractalidade “divida”
http://rmorais76.blogspot.com/2010/10/deus-e-o-grande-geometra.html

O segredo do número 33
http://rmorais76.blogspot.com/2011/01/o-segredo-do-numero-33.html

O ZERO é a Singularidade
http://rmorais76.blogspot.com/2011/03/o-zero-e-singularidade.html

PHI ou FI a Proporção Áurea e o Ponto de Equilíbrio
http://rmorais76.blogspot.com/2011/03/phi-ou-fi-proporcao-aurea-e-o-ponto-de.html

A Realidade é uma Ilusão
http://rmorais76.blogspot.com/2011/04/realidade-e-uma-ilusao.html

A freqüência do Sol é uma oitava
http://rmorais76.blogspot.com/2011/04/frequencia-do-sol-e-uma-oitava.html

Dan Winter – A ciência da implosão
http://www.bibliotecapleyades.net/esp_autor_winter.htm#menu

Grande abraço!

Fractalidade "divina"

Créditos do blog Liberdade Mental

Deus é o grande geômetra. Deus geometriza sem cessar”.
Platão.



Misticismo = do grego μυστικός, mystikos, é a busca da comunhão com a identidade, com o consciente ou consciência de uma derradeira realidade, divindade, verdade espiritual, ou “Deus” através da experiencia direta ou intuitiva.

"O místico é aquele que aspira a uma união pessoal ou a unidade com o Absoluto, que ele pode chamar de Deus, Cósmico, Mente Universal, Ser Supremo, etc”. - Ralph Maxwell Lewis.

A mágica do mágico é um mistério até onde não se conhece o truque. Quando descobrimos o truque, vemos que o que era misterioso e fantástico se tornou NORMAL. Tudo o que é dito “místico” nada mais é do que um conhecimento do qual não tivemos acesso, pois foi OCULTADO e Suprimido. E como eu já havia dito em ocasiões anteriores, NADA é sobrenatural, até porque NADA está acima da Natureza. Nós somos constituintes e constituídos da mesma natureza de tudo o que existe.

Palavras são símbolos e NÚMEROS também, e todo símbolo esboça uma informação e informação é CONHECIMENTO. Meu intuito é tentar expor o que consegui aprender desse conhecimento ocultado, mas que agora há muita coisa disponível, porém muito fragmentado.

Todo o universo é cosmologicamente FRACTAL, ou seja, fractalmente organizado. E assim, podemos contestar a ciência convencional que nos vende a idéia absurda de que o universo é puro CAOS.

Demonstrado na matemática de Fibonacci, onde vemos uma seqüência numérica conhecida por Proporção Áurea.

Este número está envolvido com a natureza do crescimento. Phio numero de ouro (não confundir com o número Pi π), essa proporção pode ser encontrada em conchas, caracóis, nas asas das aves, na flor do girassol, nas estruturas dos cristais, nas teias das aranhas, e também no tamanho das falanges (ossos dos dedos), e até na relação dos machos e fêmeas de qualquer colméia do mundo, e em inúmeros outros exemplos que envolvem a ordem do crescimento.

Leonardo da Vinci chamava a Mona Lisa de Divina Proporção. Em Italiano se escreve Monna Lisa = 9 letras e em Francês La Joconde = 9 letras e ele começou a pintá-la curiosamente no ano de 1503, onde 1+5+0+3 = 9. Mais uma vez encontramos o número 9 “místico” que é muito bem explicado por Marko Rodin. Coincidência ou conhecimento ?? Bom, pra mim não existem coincidências.


Da Vinci utilizou essa Proporção Áurea em diversas situações, por exemplo: Ao construir um retângulo em torno de seu rosto, veremos que este possui a proporção do Retângulo Áureo. Podemos também subdividir este retângulo usando a linha dos olhos para traçar uma reta horizontal e ter de novo a Proporção Áurea. Podemos continuar a explorar tal proporção em várias outras partes do corpo.

No nosso corpo, o umbigo ou a “linha umbilical” divide internamente o comprimento do corpo em média e extrema razão, bem como a linha dos ombros divide internamente em média e extrema razão a distância da linha umbilical ao alto da cabeça.

Essa proporção está presente no prédio da ONU em NY. Bom, e quem criou a ONU ??? Os mesmos que criaram o Pentágono, a Comissão Trilateral, NSA etc, etc ... Coincidência de novo ?? Esse tipo de conhecimento não é “oficializado”, não é ensinado nas instituições de ensino e não é aceito pela “ciência convencional”, mas o engraçado é que está presente nas edificações da ONU, do Pentágono entre outros órgãos governamentais. Aliás, esse padrão fractal é encontrado em TODA a natureza.

Um pentagrama (estrela pentagonal) é construído traçando-se as diagonais de um pentágono. Num pentagrama regular ABCDE, o pentágono menor FGHIJ formado pelas intersecções das diagonais também está dentro da proporção do Número de Ouro = proporção áurea = FRACTALIDADE.


Na construção das pirâmides, também vemos o Número de Ouro. Cada bloco da pirâmide é 1,618 vez maior que o bloco do nível acima. As câmaras no interior dessas pirâmides foram projetadas de tal modo que seu comprimento é 1,618 vez a sua largura. E ainda tem gente que acredita que os egípicios realmente as construíram [rs].

Veja que uma grade preenchida com quadrados cujos lados são números da Seqüência de Fibonacci, formando sucessivamente Retângulos cada vez maiores e tendentes à Razão Áurea.

A Seqüência de Fibonacci consiste em que cada número é obtido pela soma dos dois outros que o antecedem e se dividirmos cada termo da sucessão pelo seu termo anterior, temos:

1÷1 = 1
2÷1 = 2
3÷2 = 1,5
5÷3 = 1,666
8÷5 = 1,6
13÷8 = 1,625
21÷13 = 1,615
34÷21 = 1,619
55÷34 = 1,617
89÷55 = 1,618
144÷89 = 1,617
233÷144 = 1,618


PROPORÇÃO = HARMONIA

Esse é o conhecido Cubo de Metatron, onde vemos os 13 pontos (12 em verde + 1 em vermelho), onde o ponto central é o mais importante, pois se trata da “Singularidade”. É importante notar que são 19 círculos, onde há 18 ao redor do 19º em vermelho no centro. Note que no cubo há a formação da "estrela de David" e desse cubo "nasce" todas as formas geométricas conhecidas (sólidos platônicos).

18 = 1+8 = 9 = Onde 9 “anjos” estão classificados em 9 categorias, divididas em três tríades. No Panteon Asteca, há 9 divindades noturnas condenadas pelo Deus dos infernos. Toth, a serpente que rege o nono dia, rege igualmente o décimo terceiro. Para o esoterismo islâmico, descer os 9 degraus sem cair, significa ter dominado os 9 sentidos. É também o número que corresponde às 9 aberturas do homem, por conseguinte, às suas vias de comunicação com o mundo. 9 são os nós dos bambus Taoístas e é também a base da maior parte das cerimônias Taoístas do templo dos Han. O Tao-Te-King tem 81 capítulos, ou seja, 9x9 e 8+1 = 9. Sendo o 9 o último número da série dos algarismos, significa um fim e um recomeço como bem o compreenderam as diversas culturas, e o ZERO é a Singularidade, o ponto central, o “Buraco Negro” explicado por Nassin Haramein.

Esse é o ponto ZERO, onde vemos na representação do TORUS da Matemática de Marko Rodin e Nassin Haramein.

Esse é o ponto onde não há “vibração”, portanto não há manifestação “física”. Toda manifestação física é relacionada e “entrelaçada” a partir de uma Singularidade e, FRACTALMENTE se intersecciona com o TODO. Por isso, sempre ouvimos que TODOS SOMOS UM.

Importante notar que nos 6 círculos verdes, vemos os pontos de intersecção entre as retas. Estes pontos são SETE somando-se ao ponto central onde está o circulo em vermelho. Estes SETE pontos são representados em nós como nossos SETE CHAKRAS principais.

A representação das Retas simboliza o Masculino e as Esferas representam o Feminino. Isto está diretamente associado à Bíblia na “criação” da Eva a partir de uma costela do Adão. Tudo o que conhecemos foi uma criação de uma consciência no infinito vácuo. Os Hindus chamam-lhe Maya, que significa ilusão, e eles acreditavam que todos nós podemos criar a nossa própria realidade (somos deuses criadores) e assim, podemos nos “libertar” de Maya.

Do 1 ao 9 temos os “níveis” das formas de manifestação (vibração). O ZERO é o núcleo do Torus, ou seja, onde não há manifestação física. = O PONTO ZERO, o Tempo do não Tempo que os Maias falaram, ou o ZEP TEP dos egípcios antigos.

... INFINITO ... 123456789 0 987654321 0 123456789 0 987654321 ... OTINIFNI ...

A GEOMETRIA SAGRADA é o estudo das ligações entre as proporções e formas contidas no MICRO e MACROCOSMO com o intuito de compreender a unidade que permeia toda a VIDA.

A forma esférica é a forma geométrica mais perfeita que existe, pois é a forma mais eficiente de se armazenar ENERGIA.

Se considerarmos uma esfera como sendo “Deus” (a consciência universal) ou o “Céu” (o Todo), e uma segunda esfera como a Humanidade ou a materialidade, a intersecção simboliza o “Cristo” = o portal que une o Céu e a Terra. Este símbolo está intimamente associado à criação da luz, sem ele a luz não seria possível, sem esta imagem geométrica não seria possível, por exemplo, a criação dos nossos olhos, responsáveis pela recepção da luz.

Na Geometria Sagrada podemos visualizar o padrão de desenvolvimento da “gênese” da Flor da Vida. Partindo desta primeira Esfera ou bolha no vácuo o Espírito ou a Consciência projeta uma nova esfera obedecendo às mesmas regras. Este processo é o mesmo padrão mostrado na divisão da Mitose.

Temos aqui a associação com o primeiro dia da criação ("Fez-se Luz").

A ESPIRAL ÁUREA é uma forma geométrica obtida pela união de vários semicírculos inscritos em quadrados de lados cujas medidas seguem a Seqüência de Fibonacci.

Notamos que agora obtemos um símbolo muito antigo conhecido como "Vesica Piscis" (bexiga do peixe), que é uma forma geométrica resultante do encontro de 2 círculos, também conhecida como “olho de deus”. O desenho de linhas retas, tangentes aos 2 círculos, marcam 4 pontos que unidos apresentam medidas com as 3 raízes quadradas sagradas: de 2, cuja qualidade é a geração; de 3, cuja qualidade é a formação de 3 espaços dimensionais; e de 5, cuja qualidade é a regeneração e é vista como representando as qualidades férteis do “Cristo”, ou os órgãos genitais da “Deusa Mãe”. Deu origem também à Flor da Vida, um padrão geométrico presente no DNA e nas células de TODOS OS SERES VIVOS. É por isso que TODA a vida provém de um mesmo “padrão” e EMERGE de uma mesma FONTE. Pois é, agora vai tentar explicar isso à um evangélico de carteirinha que cola no carro aquele adesivo do peixinho escrito jesus dentro pra ver.

Segundo o estudo da Geometria Sagrada, no “2º dia, com uma terceira esfera surge o símbolo da Estrela Tetraédrica (algumas religiões a chamam de “santíssima trindade”) que representa a forma da Merkaba = Corpo de luz que nos permite voltar ao estado de consciência original.

Quando duas pirâmides de luz se unem para formar uma estrela de David, nasce um novo universo estelar de inteligência” – J.J Hurtak.

A Geometria Sagrada está presente não só nas pinturas de Leonardo Da Vinci, mas também nas Catedrais antigas, na Cabala, na Árvore da Vida, no Zodíaco, nas Mandalas, nos Merkabas, nos símbolos da Cura Quântica e dos Reikis, na Radiônica, nos gráficos Radiestésicos, nos diversos “amuletos de poder”, nas figuras religiosas e também nos CROP CIRCLES.

Se usarmos ambos lados do cérebro (esquerdo = lógico e direito = intuitivo), podemos ampliar essa compreensão.

Equilibrando nossas emoções podemos buscar níveis mais elevados de Consciência e assim podemos entender essa UNICIDADE UNIVERSAL.

Obs: As ramificações sanguíneas e bronquiais também seguem o mesmo padrão Fractal.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...